Provavelmente você conhece ou já ouviu falar da ZF por conta de suas transmissões. O que nem todos sabem é que a ZF é um dos principais grupos tecnológicos do mundo no que diz respeito ao setor automotivo. Além das transmissões, é especializada em sistemas de chassi, bem como em tecnologia de segurança ativa e passiva.

Uma visão do que o futuro reserva, a ZF lançará o Dream Car na próxima da edição CES, a maior feira de tecnologia eletroeletrônica do mundo que acontece em Las Vegas no início de janeiro. Mas por que em uma feira de tecnologia e não no Salão do Automóvel de Detroit? A resposta é simples: a tecnologia apresentada vai além do conceito carro.

Por falar nisso, o ZF Dream Car não é um carro novo no sentido estrito da palavra, mas um veículo existente (como o Opel Astra da imagem acima) equipado com uma série de tecnologias de inteligência artificial. Desenvolvido em parceria com a NVIDIA, o grande destaque é a caixa de controle com Inteligência Artificial ZF ProAI que está praticamente pronta para a produção em larga escala

O elemento da novidade é a capacidade de aprender mesmo quando o veículo está parado. Na prática, a caixa de controle é capaz de registrar informações de outro veículo – isso, no entanto, em movimento – mesmo a milhares de quilômetros de distância. Essas entradas não são apenas armazenadas, mas também e acima de tudo interpretadas e usadas para aprender a dirigir na estrada, ensinando os algoritmos já escritos. Em grande escala, esta troca de informações também pode ocorrer entre veículos equipados com a mesma tecnologia, melhorando a capacidade dos carros para dirigir no lugar dos motoristas.

Do ponto de vista da industrialização, como previsto, essas tecnologias estão prontas para o início produtivo graças ao fato de que tanto o hardware quanto o software são modulares e podem ser adaptados ao nível de aplicação e automação desejado. E se, por acaso, você estiver entre aqueles que consideram carros como esse um pesadelo, coloque em sua mente que um dos principais objetivos da inteligência artificial aplicada aos veículos é reduzir os acidentes em zero.

No entanto, a caixa ProAI não é a única novidade da ZF para a CES: um inovador volante também será revelado, capaz de interpretar os gestos do motorista, ao qual ele responde com alertas através de uma tela e iluminação adaptativa. Além disso, a ZF continuou a desenvolver o serviço de micropagamentos (estacionamento, por exemplo) eWallet, que agora pode ser integrado na caixa de controle ZF ProAI.

Ver a notícia ZF mostrará o “Carros do Sonhos” que dirige sozinho na CES 2018 diretamente no site CARPLACE.