Urna eleitoral (Foto: Senado Federal, via Wikimedia Commons)

 

Dois mil e dezenove está chegando e, com ele, a posse dos políticos eleitos em outubro se aproxima. No dia 1º de janeiro, presidente e governadores assumirão seus cargos, em 1º de fevereiro, senadores e deputados federais começarão seus mandatos e, em 15 de março, os novos deputados estaduais entrarão em ação. Mas a questão que fica é: você lembra em quem votou nos dias 7 e 28 de outubro?

Para algumas pessoas, a resposta é um verdadeiro borrão na memória. Pensando nisso, Marcelo Guaraldo, diretor da Solarys Soluções Digitais, criou o VOTOgrafia, um aplicativo que permite registrar em quem você votou na última eleição e ainda funciona como plataforma que intermedia as suas críticas, sugestões e elogios aos parlamentares eleitos.

"A ideia era a de criar uma plataforma e fazer com que as pessoas se envolvessem ativamente na política", explica Guaraldo em entrevista à GALILEU. "Afinal de contas, se a pessoa votou no candidato e ele foi eleito, nada mais justo que acompanhar o mandato."

O aplicativo pode ser baixado através do GooglePlay. Após a instalação, o usuário cadastra os seus votos e, a partir do início do mandato de cada categoria, a ferramenta abrirá um formulário para que os eleitores encaminhem seus recados aos parlamentares.

Leia mais:
Eles não nos representam: por que os políticos são tão diferentes de seus eleitores?
Frank Underwood ou políticos do Brasil? Descubra os autores das frases

Para Guaraldo, "esta é uma forma dos políticos eleitos prestarem contas aos seus eleitores" e de estabelecerem mais uma via de comunicação com a população — para além do Facebook, e-mail e WhatsApp, que são as plataformas mais utilizadas. O app, no entanto, não tem como garantir que as mensagens serão respondidas. "Isso depende da equipe de comunicação de cada parlamentar", explica.

Este não é o primiero aplicativo político desenvolvido pelo empreendedor. O e-Gabinete + também pode ser encontrado do GooglePlay e foi criado após as eleições de 2014, permitindo que os eleitores acompanhassem agenda de compromissos e entrassem em contato com os os candidatos da época.

*Com supervisão de Isabela Moreira.

Curte o conteúdo da GALILEU? Tem mais de onde ele veio: baixe o app Globo Mais para ler reportagens exclusivas e ficar por dentro de todas as publicações da Editora Globo. Você também pode assinar a revista, a partir de R$ 4,90, e ter acesso às nossas edições.