O que fazer no Jalapão: dunas do por do sol
Dunas do Por do Sol: um dos passeios clássicos pra fazer no Jalapão! Foto: LF/Blog Vambora!

O Jalapão é um destino de belezas únicas no Brasil e o turismo na região tem crescido cada vez mais. Ainda sim é um destino rústico, muito focado em natureza e com um acesso ainda complicado para quem quer ir por conta própria. Por isso, é muito recomendado ir através de agencias e pacote para o Jalapão.

Por outro lado, com o crescimento do turismo na região, surgiram muitas agências de turismo no Jalapão e é preciso pesquisar muito bem antes de fechar a sua viagem.

Para saber então qual agência e pacote para o Jalapão é melhor escolher, confira essas dicas abaixo:

1-) Como escolher o melhor roteiro e pacote para o Jalapão

Fervedouro dos Buritis
Os lindos, e surpreendentes, Fervedouros do Jalapão! Foto: GC/Blog Vambora!

Existem roteiros de diferentes períodos, geralmente de 3 a 5 dias para o Jalapão. Porém, o mais comum, e o que a maioria dos turistas faz, é o de roteiro de 4 dias.

Isso porque em 4 dias dá para conhecer bem o Jalapão e suas principais atrações, sem ser um roteiro cansativo. Quem pega um roteiro maior, de 5 ou mais dias, geralmente deseja fazer mais atividades de aventura, que demandam mais tempo (como trekking, e rafting). Quem faz a viagem de 3 dias geralmente não tem muito tempo na região mas também não consegue conhecer tão bem o Jalapão, já que ficam faltando muitas atrações (especialmente os fervedouros, já que são vários e todos possuem uma beleza única!).

Pedra Furada Jalapão
Por do sol na Pedra Furada no Jalapão. Foto: LF/Blog Vambora!

Dessa forma, fizemos e indicamos o roteiro de 4 dias de viagem pelo Jalapão! Achamos que deu para conhecer super bem a região e a agencia que fizemos a viagem foi a 40 graus no Cerrado, uma das agências de turismo pioneiras na região, com quase 20 anos de experiência no Jalapão.

Do roteiro a logística, foi tudo impecável e realmente gostamos muito! Para ver com mais detalhes o roteiro completo que fizemos com eles, veja aqui esse post: https://www.blogvambora.com.br/o-que-fazer-no-jalapao-roteiro-viagem/

Cachoeira da Formiga Jalapão
Cachoeira da Formiga, uma das mais belas atrações do Jalapão. Foto: GC/Blog Vambora!

De toda forma, as atrações e passeios imperdíveis que precisam estar no seu roteiro, sendo as TOP 5 atrações para conhecer no Jalapão, são:

– Morro da Pedra Furada
– Dunas do Por do Sol
– Fervedouro do Ceiça
– Fervedouro Bela Vista
– Cachoeira da Formiga

Se o seu roteiro não tiver pelo menos essas 5 atrações, sua viagem para o Jalapão não será tão completa.

Fervedouro Belo Vista, uma das atrações mais lindas do Jalapão
Fervedouro Belo Vista, uma das atrações mais lindas do Jalapão. Foto: GC/Blog Vambora!

Importante destacar que na maioria dos roteiros pelo Jalapão, você dorme cada dia numa cidade diferente para facilitar a logística de conhecer todas as atrações. Apenas uma agencia, a Korubo (também uma das mais antigas do Jalapão junto com a 40 Graus no Cerrado), você fica hospedado num único local (uma espécie de acampamento de luxo) e dai faz todo dia um bate e volta para as atrações da região.

Por isso, é essencial escolher também muito bem a agência que você irá para o Jalapão, porque isso vai influenciar totalmente a sua viagem.

2-) Como escolher com qual agência ir para o Jalapão

Carro da agência 40 graus no Cerrado
Carro da agência 40 graus no Cerrado durante nossa viagem ao Jalapão. Foto: GC/Blog Vambora!

Como deu para ver acima, a escolha da agência influencia muito em como será sua viagem ao Jalapão.

A maioria das agências locais faz uma logística padrão que é: através de um carro 4×4, pernoitar nas 3 maiores cidades do Jalapão (veja no mapa abaixo: Mateiros, Ponte Alta e São Felix do Tocantins), conhecendo as atrações a partir delas. O bom disso é que você não gasta muito tempo para ir e voltar das atrações, como seria se fosse ficar numa única cidade.

Pode parecer cansativo, mas na verdade não é, porque a logística desse tipo de roteiro é a mais econômica e produtiva.

+ Veja aqui onde fica o Jalapão e como chegar

Importante dizer também que a maioria dos pacotes dessas agencias para o Jalapão, incluem tudo no valor: transporte, hospedagens, entrada nas atrações e todas as refeições (menos bebida alcoólica). Mas é sempre importante prestar atenção e conferir quais são os custos incluídos quando for fechar o seu pacote. No caso da agência 40 Graus do Cerrado, que fizemos a nossa viagem, tudo estava incluído no preço do pacote.

Como grande parte das agências faz esse tipo de roteiro, a grande diferença entre elas acaba sendo a também a qualidade do serviço! Isso incluí desde a qualidade e segurança do carro que fará a viagem, até os hotéis e pousadas de cada cidade, restaurantes e locais de parada e o mais importante: a experiência do seu guia/motorista!

40 Graus no Cerrado Jalapao
Nosso carro da agência 40 Graus no Cerrado que nos levou para conhecer o Jalapão. Foto: GC/Blog Vambora!

É com ele que você ficará praticamente 100% do tempo no carro, e com estradas bem ruins, a experiência e trato do guia nesses longos períodos dentro do automóvel é essencial para garantir o sucesso da sua viagem.

No nosso caso, por exemplo, com a 40 Graus no Cerrado, nosso guia foi o Sandro e ele tinha uma experiência de anos e anos na região, fazendo praticamente toda semana esse mesmo roteiro. Assim, ele sabia desde as melhores horas para visitar as atrações, até as melhores partes da estrada para andar, dava informações o tempo todo sobre a região e o mais importante: escutava e entendia todos os turistas do seu carro.

Serra do Espirito Santo Jalapao
Serra do Espírito Santo no Jalapão, Tocantins. Foto: GC/Blog Vambora!

Como em cada carro cabem cerca de 4 a 6 pessoas, é comum, se você estiver viajando em dupla, por exemplo, dividir o carro e o guia com outros viajantes que também fecharam aquele mesmo roteiro. Cabe então ao guia unir e fazer com que todos se entendam, respeitem e tenham a melhor experiência de viagem o possível.

No nosso caso, o Sandro foi super atencioso e cuidadoso, já que com uma hérnia de disco, é sempre melhor evitar passar por muitos buracos ou ir muito rápido nas estradas de terra com depressões a toda hora. Ele dava também sempre informações sobre a natureza da região, da fauna e flora, puxava assunto com todos, respeitava quando alguém queria ficar em silêncio ou dormir, enfim, foi um super guia e motorista para todos durante todos os 4 dias (e colocava no carro uma trilha sonora excelente também!! 😀 ).

Estrada do Jalapão
Pelas estradas do Jalapão: a maioria dos visitantes vai via um tour de agência, maneira mais confortável e segura de conhecer a região. Foto: GC/Blog Vambora!

Por tudo isso, escolher uma agencia com experiência na região é essencial e esse foi exatamente o caso da 40 Graus no Cerrado. Nós testamos e gostamos muito, por isso indicamos mesmo!

Por fim, atenção ao fato que desde a novela global “O outro lado do paraíso” (gravada no Jalapão), o número de agências na região cresceu de forma exponencial e nem todas ainda são regulamentadas. Por isso, ao escolher a sua agência para ir ao Jalapão, confira sempre se ela possui cadastro no Cadastur do Ministério do Turismo e há quanto tempo atua na região. Se puder, escolha sempre entre as mais experientes e com mais tempo de atuação no Jalapão.

3-) Mas eu quero ir por conta própria para o Jalapão. É possível?

Fervedouro do Ceiça
Fervedouro do Ceiça, um dos mais famosos do Jalapão. Foto: GC/Blog Vambora!

Se ainda sim, mesmo depois de todas essas dicas, você quiser fazer uma viagem para o Jalapão por conta própria, é preciso levar em conta alguns fatores importantes:

  • É essencial viajar para a região com um carro 4×4. Já que você estará sem guias, seu carro será o meio essencial para se deslocar e com estradas ainda bem precárias, é importantíssimo que o veículo seja 4×4. Dá para alugar o carro em Palmas, capital do Tocantins e ir dirigindo até o Jalapão. Veja aqui os valores para alugar: http://bit.ly/AluguelCarroPalmas
  • Para evitar perrengues, sempre abasteça o seu carro nas vilas e cidades do Jalapão. Não conte com imprevistos, pois aqui não há postos de gasolina nas estradas. Não esqueça também que nas estradas de terra e areia é importante calibrar os pneus para esse tipo de terreno.
  • Leve também uma quantidade de dinheiro para uso pessoal, já que não há caixas eletrônicos 24h nas cidades, e como o sinal de celular é escasso, muitos estabelecimentos só aceitam pagamento em dinheiro.
  • Falando em celular, nas estradas, o sinal é bem fraco ou inexistente. As operadoras com melhor sinal são a Claro e a VIVO em algumas cidades e vilarejos. Melhor então ter pelo menos chips das duas operadoras e usar um aparelho com GPS para não depender do 3/4G para se localizar na região.
Pousada Sao Felix Jalapao
Fim de tarde na piscina da Pousada São Felix, em São Felix do Tocantins, no Jalapão. Foto: GC/Blog Vambora!

Quem já viajou para o Jalapão com agência ou por conta própria, aproveita e conta para a gente como foi sua experiência na caixa de comentários para ajudar outros viajantes!

Vereda no Jalapão
Veredas, paisagens comuns do Jalapão além do cerrado. Foto: GC/Blog Vambora!

É de toda forma uma viagem incrível e um destino muito maravilhoso e lindo no Brasil para se conhecer. Vambora para o Jalapão!

*** O Vambora! conheceu o Jalapão através de convite da agência 40 Graus no Cerrado

*** Veja mais dicas do JALAPÃO no blog:
Conhecendo os Fervedouros do Jalapão
O que fazer no Jalapão: nosso roteiro completo de viagem
– Hotel em Palmas: onde se hospedar na cidade

Este artigo foi publicado originalmente no Blog Vambora!