Os cientistas vivem buscando água em outros planetas. Não apenas água, mas todos os artifícios possíveis que poderiam contribuir para a sobrevivência da espécie humana. Afinal de contas, todos nós sabemos que o Planeta Terra não oferece recursos inesgotáveis para manter a vida humana. É preciso buscar alternativas caso queiramos perpetuar a vida da humanidade.

Recentemente, os cientistas descobriram que há água em Saturno. Possivelmente, um oceano interno, no entanto, nada mais se sabe a respeito. Essa é também apenas uma das descobertas que envolvem a descoberta de água dentro do nosso Sistema Solar. Dessa vez, a água, além de ser encontrada, foi também analisada e sua composição considerada completamente estranha, quando comparado com a água que conhecemos.

Água mais estranha do Sistema Solar

Phoebe é uma das luas de Saturno e é também o local aonde há a mais estranha água de todo o sistema solar. Os cientistas já conseguiram comprovar a existência de uma água muito similar a nossa em Saturno. No entanto, a de Phoebe foge dos padrões de normalidade e semelhança.

O que se descobriu foi uma particularidade na formação química desta água. A relação de deutério para hidrogênio (chamada de D/H) da água de Saturno deveria ser 10 vezes maior do que a encontrada na Terra, mas não é o que ocorre com Phoebe. Todas as outras luas de Saturno tiveram uma medição semelhante, maior do que a terráquea, mas não em Phoebe e isso pode indicar também a origem do satélite.

De onde vem Phoebe?

A quantidade de D/H na água de Phoebe está diretamente ligada ao ponto no espaço em que a lua surgiu. Possivelmente, muito longe de nosso sistema solar. Não se sabe exatamente aonde, mas especula-se que tenha sido a uma distância similar a de Plutão.

Além da água, também se analisou a relação entre o carbono 13 e o carbono 12. As demais luas de Saturno mostraram uma composição semelhante a da Terra, enquanto que a composição de Phoebe novamente apresentou discrepâncias. Os cientistas acreditam que a lua se formou nas extremidades do nosso sistema solar, em uma região mais fria. E que, posteriormente, foi capturada pelas órbitas de Saturno, que é o segundo maior planeta do sistema solar.

Essa matéria Uma água jamais vista pela humanidade foi encontrada em nosso sistema solar foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.