ISTAMBUL (Reuters) - Uma parte significativa dos recursos prometidos pela União Europeia para ajudar refugiados sírios na Turquia ainda não está sendo usada ativamente para tais necessidades, disse o Ministério da Turquia no bloco europeu neste sábado.

Dos 6 bilhões de euros (7,20 bilhões de dólares) concordados em dois acertos em 2015 e 2016, apenas 1,78 bilhão de euros foram transferidos para ministérios turcos e organizações internacionais responsáveis por implementar os projetos, disse o ministério, em um comunicado.

"Enquanto a Turquia usou mais de 30 bilhões de dólares dos seus fundos nacionais para as necessidades dos sírios que estão na Turquia há aproximadamente sete anos, uma parte significativa dos 3 bilhões de euros prometidos pela União Europeia em novembro de 2015 ainda não foi efetivamente usada."

Dos 1,78 bilhão de euros transferidos até agora, o ministério disse que 1,3 bilhão foram para organizações internacionais, 270 milhões para o Ministério da Educação, 120 milhões para o Ministério da Saúde e 12 milhões para o Ministério do Interior.

Ainda assim, esses valores não equivalem aos recursos sendo ativamente usados para saciar as necessidades de refugiados sírios, disse o ministério.

"Infelizmente, o mecanismo de gastos dos fundos da União Europeia não está trabalhando rápido", disse.

(Por Tulay Karadeniz)