Tufão atingiu as Filipinas na sexta-feira (14)

Tufão atingiu as Filipinas na sexta-feira (14)
Getty Images – 16.09.2018

O tufão Mangkhut atingiu a China na manhã deste domingo (16). As informações são da rede de notícias CNN. Há ventos fortes e chuvas fortes, que provocaram destelhamento em casas, quedas de árvores, bloqueio de vias e outros estragos. 

O HKO (Observatório de Hong Kong), agência de previsão do tempo local, subiu o nível do tufão para intensidade T10, maior nível possível na escala de medição deste tipo de desastre natural. 

Esta é a 15ª vez que uma tempestade é classificada como T10 na escala do HKO nos últimos 60 anos. 

O tufão chegou em Hong Kong, na China, com ventos de até 110 quilômetros.

Tufão nas Filipinas

O Mangkhut atingiu as Filipinas na sexta-feira (14) com ventos de até 320 km/h. A primeira região atingida foi a ilha de Luzon, ao norte do arquipélago que forma o país.

Acredita-se que o Mangkhut tenha potencial até mais destrutivo que o do supertufão Haiyan, que deixou cerca de 7,3 mil mortos em novembro de 2013. Luzon é a maior e mais populosa ilha das Filipinas e abriga 53,3 milhões de pessoas e a capital Manila.

Este é o maior tufão do ano que atingiu a região e deixou pelo menos 40 mortos. A maior parte das mortes aconteceu por causa de deslizamentos de terra na região administrativa de Cordillera. Além dos mortos, as autoridades filipinas trabalham para resgatar pessoas que estão soterradas. 

Veja imagens da destruição que o tufão causou na China: