Stephen Hawking morreu em março de 2018 aos 76 anos (Foto: NASA/Kim Shiflett/Wikimedia Commons)

Considerada uma das mais prestigiadas casas de leilões do planeta, a Christie's colocou à disposição de compradores dezenas de itens relacionados a grandes figuras da ciência, como Albert Einstein, Charles Darwin, Isaac Newton e Stephen Hawking. Entre os destaques estava uma das cópias originais de Propriedades do Universo Em Expansão, tese de doutorado de Hawking defendida em 1965 na Universidade de Cambridge: um comprador pagou 584,7 mil libras pela publicação — o equivalente a R$ 2,8 milhões na atual cotação. 

De acordo com a Christie's, outros itens que tinham alguma relação com a vida de Hawking renderam quase 600 mil libras no leilão — o equivalente a R$ 2,9 milhões. Uma cadeira de rodas que pertenceu ao cientista foi arrematada por 300 mil libras (o equivalente a R$ 1,4 milhão na atual cotação) — o astrofísico britânico morreu em março deste ano aos 76 anos.

Parte dos lucros obtidos com as vendas dos itens de Hawking irão para obras de assistência social: a Fundação Stephen Hawking e a Associação da Doença do Neurônio Motor. Há décadas o astrofísico convivia com esclerose lateral amiotrófica, doença responsável por paralisar os músculos do corpo, mas que não comprometeu suas funções cerebrais. Considerada uma das mentes mais brilhantes da história da ciência, ele fez grandes contribuições à comunidade científica, com teorias como a do espaço-tempo e do funcionamento dos buracos negros.

Cadeira de rodas que será leiloada  (Foto: Divulgação/ Christie's)

 

O evento promovido pela casa de leilões recebeu o sugestivo nome de "Sobre o Ombro de Gigantes": a citação faz parte de uma célebre frase atribuída ao físico britânico Isaac Newton, que escreveu em 1675 que "se eu vi mais longe, foi por estar sobre ombros de gigantes". Segundo a Christie's, um manuscrito de Newton foi vendido no leilão por 100 mil libras, o equivalente a R$ 490 mil. 

Os compradores também disputaram uma carta escrita pelo naturalista britânico Charles Darwin com suas opiniões sobre uma expedição realizada por cientistas a bordo do navio HMS Challenger: o documento foi vendido por 56,2 mil libras (que corresponde a R$ 275 mil). 

Duas cartas escritas pelo físico alemão Albert Einstein também estiveram disponíveis no leilão. Um de seus manuscritos foi vendido por 32,5 mil libras (R$ 157 mil), enquanto uma carta de Einstein com suas opiniões sobre o legado científico de Isaac Newton foi arrematada por 13,7 mil libras (R$ 67 mil). 

Curte o conteúdo da GALILEU? Tem mais de onde ele veio: baixe o app Globo Mais para ler reportagens exclusivas e ficar por dentro de todas as publicações da Editora Globo. Você também pode assinar a revista, a partir de R$ 4,90, e ter acesso às nossas edições.