Atenção! Este texto contém SPOILERS do episódio 4×08 da série Supergirl, exibido pela CW no dia 02 de dezembro na TV americana. Só prossiga se quiser saber detalhes da trama.

Ainda que as notícias não sejam de todo boas, a Supergirl teve ao menos duas grandes vitórias no 8º episódio da 4ª temporada, o último antes de “Elseworlds”, o aguardado crossover com The Flash e Arrow.

Falando no evento (que será exibido nos dias 9, 10 e 11 de dezembro), a última cena do capítulo desse domingo nos mostrou como o problema se iniciou na Terra 90, onde o Flash (vivido por John Wesley Shipp) e o Monitor (LaMonica Garrett) aparecem em um campo de batalha devastado.

Mas vamos aos grandes acontecimentos que levaram Kara Danvers e seus amigos a se livrarem de dois problemas ao mesmo tempo.

Brainy e Nia salvam o dia

Após Kara começar a desconfiar dos sonhos premonitórios que Nia está tendo, Brainy diz que não pode dizer nada sobre o futuro, mas admite que a garota é “importante”. Ela então confronta a jovem, que confessa que sua família vem de um planeta distante, Naltor, e que algumas das mulheres de sua família tem esse poder que, para ela, é mais uma maldição.

Brainy então explica que o que ela vê não é o futuro, mas sim possibilidades dele, significando que ela pode ajudar a alterar os fatos. O gênio então ajuda Nia a controlar seus poderes para que o trio descubra a próxima vítima do Agente Liberdade. Obs.: incrivelmente, a jovem jornalista ainda não sabe que Kara é a Supergirl.

Manchester Black descobre a identidade de Ben Lockwood

Enquanto todos tentam descobrir a identidade secreta do Agente Liberdade, Manchester Black consegue descobrir por si mesmo que Ben Lockwood é o homem por trás da máscara. Não só isso! Em sua jornada de vingança, Black vai até a casa dos Lockwood e convence a mulher do vilão de que é um velho conhecido da faculdade.

Quando Ben aparece ele ameaça o casal, mas é interrompido pela chegada de Nia e Supergirl. Acontece que a vítima da briga dos dois vilões ia acabar sendo a esposa de Ben, que nos sonhos de Nia implora para que o marido não mate o outro homem. Felizmente, os poderes da jovem conseguem antecipar cada movimento dos dois, que são derrubados e entregues à polícia. Dois problemas a menos para a protagonista, certo? Quase.

Efeito contrário e demissão do DEO

Ao ser preso e exposto como o Agente Liberdade, Ben Lockwood faz um discurso para as câmeras sobre como ele está sendo punido por usar uma máscara, mas a Supergirl trabalha para o governo sem ninguém saber a sua identidade verdadeira.

A suposta hipocrisia é considerada pelo presidente Baker, que vai ao DEO exigir que a heroína revele seu nome. Quando ela se recusa, argumentando que é para a proteção de seus entes queridos, ele a demite, cortando seus laços com o DEO. Alex tenta argumentar com os dois, mas Kara apenas pede que a irmã cuide de tudo e vai embora.

Enquanto isso, na Terra 90…

Somos transportados para um campo de batalha com diversos heróis derrotados e/ou mortos. O vilão Monitor aparece para impedir que o Flash dessa realidade alcance um livro claramente poderoso. O herói pergunta por que ele está fazendo isso e o alien anuncia que a culpa disso tudo é deles e que os heróis falharam. Antes dele abrir o tal livro, o Flash veterano corre – em direção de Barry Allen e Oliver Queen, acreditamos. Confira abaixo a cena completa de “Elseworlds”:

Mais novidades da 4ª temporada de Supergirl: