A Enterprise pode passar por uma mudança de equipe no próximo filme de Star Trek (Jornada nas Estrelas).

Os atores Chris Pine e Chris Hemsworth, que eram esperados para retornar à franquia e reprisar seus papéis como Capitão Kirk e seu pai, respectivamente, não chegaram a um acordo com a Paramount Pictures.

Segundo reportagem do The Hollywood Reporter, os dois astros deixaram as negociações depois que o estúdio propôs uma redução salarial para a sequência devido ao desempenho mediano de Star Trek: Sem Fronteiras.

A produção de 2016 arrecadou US$ 343 milhões mundialmente, com base em um orçamento de US$ 190 milhões – o que sugere que Sem Fronteiras deu, na verdade, prejuízo ao estúdio (lembrando sempre que 50% dos ingressos ficam com as salas exibidoras).

Apesar disso, Star Trek é uma marca de grande importância para a Paramount e o quarto filme continua sendo uma prioridade para a companhia.

A proposta de Star Trek 4 é apresentar uma trama de viagem do tempo, levando o Capitão Kirk (interpretado por Chris Pine nos últimos três filmes) ao tempo de seu pai (Hemsworth, visto rapidamente no papel no longa de 2009 que serviu de reboot para a franquia).

A Paramount esperava negociar os contratos dos demais atores do elenco – incluindo Zoe Saldana, Zachary Quinto, Karl Urban, Simon Pegg e John Cho – após fechar acordo com os protagonistas.

Neste momento, não se sabe se a Paramount irá tentar renegociar com os atores ou substituí-los. A certeza é que o estúdio tentará manter o orçamento mais curto para ter uma maior margem de lucro com a produção.

Star Trek 4 tem uma mulher pilotando a direção: S. J. Clarkson (de Jessica Jones, Succession).

E aí, você acha que os atores podem ser substituídos ou espera um acordo entre os dois Chris e a Paramount? Comente abaixo.