Já ouviu falar do Apple Lisa? Lançado em 1983, esse computador não foi um sucesso de vendas, mas trouxe avanços expressivos para a época, como interface com elementos gráficos e mouse. Em breve, você poderá saber como era a experiência de uso dessa máquina: o sistema operacional do Lisa vai ser disponibilizado como software gratuito e de código-fonte aberto.

O Lisa tinha processador Motorola 68000 de 5 MHz e até 2 MB de RAM, mas chamava atenção pela interface gráfica com ícones para representar arquivos e pastas, organização de programas em janelas superpostas e, claro, um dispositivo apontador que funcionava como uma extensão da mão: o mouse. Estima-se que US$ 150 milhões foram gastos no desenvolvimento do equipamento.

Apesar da notoriedade, a Apple produziu apenas 10 mil unidades do Lisa. O computador foi lançado em 1983 e descontinuado três anos depois. Há até rumores de que 2.700 unidades foram enterradas por falta de compradores.

Sistema operacional do Apple Lisa vai ser liberado com código-fonte aberto

Uma das razões para o fracasso das vendas foi o preço: quase US$ 10 mil. Se esse é um valor alto para os padrões atuais, imagine para aquela época. Desavenças internas também contribuíram para o insucesso: Steve Jobs teve conflitos com John Couch, líder da divisão responsável pelo projeto, e se afastou dos trabalhos de desenvolvimento.

Jobs acabou então se dedicando ao projeto que levou ao lançamento do Macintosh. O equipamento foi lançado no início de 1984 com preço próximo de US$ 2,5 mil. Por ser tão ou mais avançado e custar muito menos, o Macintosh deu um “chega pra lá” no seu antecessor. Foi um golpe fatal: meses depois, o Lisa foi descontinuado.

Sistema operacional do Apple Lisa vai ser liberado com código-fonte aberto

Interface do Lisa

Mas o impacto que o sistema operacional do Lisa causou no mercado é irrefutável. Conceitos encontrados ali são explorados até hoje. A Apple chegou a ser processada pela Xerox sob acusação de violação de copyright: tanto o mouse quanto características da interface gráfica foram “inspirações” de projetos desenvolvidos pela Xerox.

Dada a importância histórica do Lisa, o Computer History Museum decidiu disponibilizar o código-fonte do sistema operacional do computador. A data exata não foi definida, mas a liberação será feita em 2018, ano do aniversário de 35 anos do lançamento do Lisa.

O anúncio foi feito por Al Kossow, curador de software do Computer History Museum, em uma lista de discussão dedicada ao Lisa. Na mensagem, ele afirma que os códigos do sistema operacional e aplicativos já foram recuperados (somente um dicionário do editor de textos LisaWriter não pôde ser resgatado) e estão, agora, sob revisão da Apple. A liberação deverá ser feita assim que esse trabalho for concluído.

Com informações: Business Insider

Sistema operacional do Apple Lisa vai ser liberado com código-fonte aberto