O Senado votou por 59 a 41 votos

O Senado votou por 59 a 41 votos
Christian Hartmann/Reuters – 11.11.2018

O Senado dos Estados Unidos se uniu à Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (14) ao aprovar uma legislação que desafia o presidente norte-americano, Donald Trump, derrubando a declaração de emergência nacional na fronteira sul feita por ele em 15 de fevereiro.

A emergência dexterada por Trump visava arrecadar fundos para a construção de um muro na fronteira com o México. O muro é uma promessa de campanha do presidente.

Trump prometeu um veto à medida, instrumento que ainda não usou como presidente. Avalia-se que haja republicanos suficientes no Congresso para bloquear qualquer tentativa de derrubada do veto.

Dois terços da Câmara e do Senado são necessários para reverter um veto presidencial.

Se Trump fizer uso da medida, ele ainda poderá construir o muro com a verba de emergência.

O Senado votou por 59 a 41 votos para derrubar a emergência, contando inclusive com votos dos republicanos.