Valentim em Segundo Sol (Foto: Reprodução)
Valentim em Segundo Sol (Foto: Reprodução)

O ator Danilo Mesquita, no ar em Segundo Sol, novela da faixa das 21h da Rede Globo na pele de Valentim, abriu o jogo sobre o romance de seu personagem com Rosa (Leticia Colin).

+Segundo Sol: Manu tem reencontro com Luzia e faz acusação contra a mãe

Na trama escrita por João Emanuel Carneiro, Valentim vive um triângulo amoroso com Rosa que é completado por Ícaro (Chay Suede) e é sucessivamente enrolado pela ex-garota de programa.

+Juliana Paes deixa programa da TV Globo e Lázaro Ramos desabafa sobre saída da atriz

“Está difícil. Coitado, é o mais enganado da história da teledramaturgia! (risos)”, brincou, revelando receber mensagens de fãs para alertá-lo sobre sua vida. “Me avisam que sou filho de Luzia. E sobre Rosa, me falam: “Véi, vai agora que dá tempo de você pegar Rosa com Ícaro”.

+Após polêmica, Larissa Manoela comemora aniversário de namoro e causa na web

Na conversa com o jornal Extra, Danilo revelou ainda que não torce para que Valentim fique com Rosa. “Falo para Letícia: “Olhe, é porque João (Emanuel Carneiro, autor) escreve. Se dependesse de mim… No início, ninguém torcia para ele ficar com Rosa, queriam vê-la com Ícaro (Chay Suede). Depois, ficaram com pena dele e aprovaram o casal. Agora que ela está tão ruim, percebo que não querem que nenhum deles fique com ela. Eu não torço para Valentim ficar com Rosa. Olha tudo o que ela faz com esse menino!”

Rosa, Valentim e Ícaro em Segundo Sol (Foto: Montagem/TV Foco)
Rosa, Valentim e Ícaro em Segundo Sol (Foto: Montagem/TV Foco)

Com a novela caminhando para sua reta final, Danilo já está se preparando para enfrentar uma maratona de trabalhos. “É cansativo físico e mentalmente. Mas sou novo, né? Por causa dos meus horários, não sou disciplinado com alimentação, emagreço um pouco, minha imunidade baixa. Fiquei doente ao longo da novela. Mas fazer um trabalho desses, que é massa, com todo mundo falando, ter a oportunidade de pagar contas com meu trabalho… Não tenho do que reclamar”.