Santos decepciona, mas termina 2017 com esperança para o futuro

Queda para a Ponte Preta no Paulista foi a primeira decepção do Santos em 2017 (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

O Santos começou a temporada animando a torcida, afinal, o time vice-campeão brasileiro de 2016 manteve suas principais peças e ainda trouxe vários reforços, como Bruno Henrique, Cleber, Leandro Donizete e Kayke. Para completar, os santistas viviam a expectativa de disputar uma Libertadores após quatro anos.

O início de ano até foi bem esperançoso, já que o Peixe aplicou uma goleada de 6 a 2 sobre o Linense, na estreia do Campeonato Paulista. O restante de 2017, porém, foi recheado de decepções para os santistas.

Demonstrando pouco futebol desde a fase de grupos do Paulistão, o alvinegro acabou dando adeus ao torneio estadual de forma precoce, nas quartas de final, após perder nos pênaltis para a Ponte Preta.

Na Copa do Brasil, o Santos caiu de forma honrosa. Mesmo sendo eliminada pelo Flamengo nas quartas, a equipe lutou até o fim, venceu por 4 a 2 e foi aplaudida na Vila Belmiro. O Rubro-Negro avançou apenas pelo gol marcado fora de casa.

Santos decepciona, mas termina 2017 com esperança para o futuro

Mesmo eliminado pelo Flamengo, Peixe deixou a Copa do Brasil de cabeça erguida (Foto: Fernando Dantas/ Gazeta Press)

Já na Libertadores, principal objetivo do Peixe no ano, a história foi bem diferente. O início foi bem animador, afinal, o time não tinha perdido na competição até as quartas de final. Porém, o Barcelona de Guaiaquil, que já havia eliminado o Palmeiras, apareceu pelo caminho. Mesmo com suas claras limitações técnicas, a equipe equatoriana dominou completamente o alvinegro em plena Vila Belmiro, venceu por 1 a 0 e dizimou o sonho dos santistas conquistarem a América pela quarta vez na história.

Por fim, o Campeonato Brasileiro também terminou de forma frustrante para o Santos. Mesmo com o terceiro lugar, o Peixe não encantou durante toda a competição e falhou quando teve a oportunidade de alcançar o campeão Corinthians.

“O trabalho está sendo bem executado. Fomos bem na Libertadores deste ano. Acabamos parando nas quartas, mas acredito que nosso time era melhor que o do Barcelona. Infelizmente eles passaram. Agora é pensar em 2018, treinar bastante e fazer alguma coisinha que deixou de ser feita nesta temporada para sermos campeões”, afirmou Vitor Bueno em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

Santos decepciona, mas termina 2017 com esperança para o futuro

Eliminação para o Barcelona de Guaiaquil em plena Vila Belmiro foi a maior frustração do Santos em 2017 (Foto: Djalma Vassao/Gazeta Press)

Mesmo classificado para a Libertadores da próxima temporada, a torcida do Santos terminou 2017 sem comemorar um título sequer. Porém, no início de dezembro, José Carlos Peres bateu Modesto Roma Júnior e venceu a eleição presidencial, dando um fio de esperança para os santistas.

BALANÇO
Jogos: 67
Vitórias: 34
Empates: 17
Derrotas: 16
Gols Pró: 96
Gols Contra: 60
Saldo: + 36

Maiores goleadas aplicadas:
03/02 – Santos 6 x 2 Linense – Vila Belmiro – Campeonato Paulista
23/05 – Santos 4 x 0 Sporting Cristal – Vila Belmiro – Libertadores

Maiores derrotas sofridas:
15/02 – Santos 1 x 3 São Paulo – Vila Belmiro – Campeonato Paulista
16/11 – Bahia 3 x 1 Santos – Arena Fonte Nova – Campeonato Brasileiro

Artilheiros:
Bruno Henrique: 18
Ricardo Oliveira: 12
Copete: 12
Kayke: 9
Vitor Bueno: 9
David Braz: 6
Lucas Lima: 3
Rodrigão: 4
Thiago Ribeiro: 3
Victor Ferraz: 3
Arthur Gomes: 3
Thiago Maia: 2
Alison: 2
Rafael Longuine: 2
Vladimir Hernández: 2
Lucas Veríssimo: 1
Renato: 1
Jean Mota: 1
Daniel Guedes: 1
Emiliano Vecchio: 1

Santos decepciona, mas termina 2017 com esperança para o futuro

No início de dezembro, José Carlos Peres (centro) desbancou Modesto Roma e se tornou o novo presidente do Santos (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

TODOS OS JOGOS:

AMISTOSO:
28/01 – Santos 5 x 1 Kenitra – Pacaembu – Rodrigão, Vitor Bueno (2), Vladimir Hernández e Thiago Ribeiro

CAMPEONATO PAULISTA:
03/02 – Santos 6 x 2 Linense – Vila Belmiro – Rodrigão (2), Lucas Lima, Arthur Gomes, Thiago Ribeiro e Vitor Bueno
12/02 – Red Bull Brasil 1 x 2 Santos – Pacaembu – Rodrigão e Kayke
15/02 – Santos 1 x 3 São Paulo – Vila Belmiro – Copete
18/02 – Santos 0 x 1 Ferroviária – Vila Belmiro
21/02 – Ituano 0 x 0 Santos – Estádio Dr. Novelli Júnior
25/02 – Santos 2 x 0 Botafogo-SP – Vila Belmiro – Vitor Bueno e Rafael Longuine
04/03 – Corinthians 1 x 0 Santos – Arena Corinthians
12/03 – São Bernardo 1 x 4 Santos – Estádio Primeiro de Maio – Bruno Henrique (3) e Rafael Longuine
19/03 – Santos 1 x 2 Palmeiras – Vila Belmiro – Ricardo Oliveira
22/03 – São Bento 0 x 2 Santos – Estádio Municipal Walter Ribeiro – Vitor Bueno e Lucas Lima
25/03 – Santo André 0 x 1 Santos – Estádio Bruno José Daniel – Copete
29/03 – Santos 3 x 1 Novorizontino – Vila Belmiro – Kayke (2) e Thiago Ribeiro
01/04 – Ponte Preta 1 x 0 Santos – Moisés Lucarelli
10/04 – Santos 1 x 0 Ponte Preta – Pacaembu – David Braz

LIBERTADORES:
09/03 – Sporting Cristal 1 x 1 Santos – Estádio Nacional do Peru – Thiago Maia
16/03 – Santos 2 x 0 The Strongest – Vila Belmiro – Ricardo Oliveira e Renato
19/04 – Independiente Santa Fé 0 x 0 Santos – Estádio El Campín
04/05 – Santos 3 x 2 Independiente Santa Fé – Pacaembu – Ricardo Oliveira, Vitor Bueno e Lucas Veríssimo
17/05 – The Strongest 1 x 1 Santos – Estádio Hernando Siles – Vitor Bueno
23/05 – Santos 4 x 0 Sporting Cristal – Vila Belmiro – David Braz (2), Ricardo Oliveira e Vitor Bueno
05/07 – Atlético-PR 2 x 3 Santos – Vila Capanema – Kayke (2) e Bruno Henrique
10/08 – Santos 1 x 0 Atlético-PR – Vila Belmiro – Bruno Henrique
13/09 – Barcelona de Guaiaquil 1 x 1 Santos – Estádio Monumental de Guaiaquil – Bruno Henrique
20/09 – Santos 0 x 1 Barcelona de Guaiaquil – Vila Belmiro

COPA DO BRASIL:
26/04 – Santos 2 x 0 Paysandu – Vila Belmiro – Bruno Henrique e Copete
10/05 – Paysandu 1 x 3 Santos – Mangueirão – Bruno Henrique (2) e Kayke
28/06 – Flamengo 2 x 0 Santos – Ilha do Urubu
26/07 – Santos 4 x 2 Flamengo – Vila Belmiro – Copete (2), Victor Ferraz e Bruno Henrique

CAMPEONATO BRASILEIRO:
14/05 – Fluminense 3 x 2 Santos – Maracanã – Victor Ferraz e Vladimir Hernández
20/05 – Santos 1 x 0 Coritiba – Vila Belmiro – David Braz
28/05 – Santos 0 x 1 Cruzeiro – Vila Belmiro
03/06 – Corinthians 2 x 0 Santos – Arena Corinthians
07/06 – Santos 1 x 0 Botafogo – Pacaembu – Victor Ferraz
11/06 – Atlético-PR 0 x 2 Santos – Arena da Baixada – Kayke (2)
14/06 – Santos 1 x 0 Palmeiras – Vila Belmiro – Kayke
17/06 – Santos 0 x 0 Ponte Preta – Pacaembu
21/06 – Vitória 0 x 2 Santos – Barradão – Copete (2)
24/06 – Santos 0 x 1 Sport – Vila Belmiro
01/07 – Atlético-GO 1 x 1 Santos – Estádio Olímpico Pedro Ludovico – Thiago Maia
09/07 – Santos 3 x 2 São Paulo – Vila Belmiro – Copete (3)
12/07 – Atlético-MG 0 x 1 Santos – Estádio Independência – Daniel Guedes
16/07 – Vasco 0 x 0 Santos – Engenhão
19/07 – Santos 1 x 0 Chapecoense – Vila Belmiro – Emiliano Vecchio
23/07 – Santos 3 x 0 Bahia – Pacaembu – Bruno Henrique (3)
30/07 – Grêmio 1 x 1 Santos – Arena do Grêmio – David Braz
02/08 – Santos 3 x 2 Flamengo – Pacaembu – Bruno Henrique, Alison e Ricardo Oliveira
06/08 – Avaí 0 x 0 Santos – Ressacada
14/08 – Santos 0 x 0 Fluminense – Pacaembu
20/08 – Coritiba 0 x 0 Santos – Couto Pereira
27/08 – Cruzeiro 1 x 1 Santos – Mineirão – Bruno Henrique
10/09 – Santos 2 x 0 Corinthians – Vila Belmiro – Lucas Lima e Ricardo Oliveira
16/09 – Botafogo 2 x 0 Santos – Engenhão
23/09 – Santos 1 x 0 Atlético-PR – Vila Belmiro – Bruno Henrique
30/09 – Palmeiras 0 x 1 Santos – Allianz Parque – Ricardo Oliveira
12/10 – Ponte Preta 1 x 1 Santos – Moisés Lucarelli – Ricardo Oliveira
16/10 – Santos 2 x 2 Vitória – Pacaembu – Jean Mota e Ramon (contra)
19/10 – Sport 1 x 1 Santos – Ilha do Retiro – Ricardo Oliveira
22/10 – Santos 1 x 0 Atlético-GO – Vila Belmiro – Ricardo Oliveira
28/10 – São Paulo 2 x 1 Santos – Pacaembu – Alison
04/11 – Santos 3 x 1 Atlético-MG – Vila Belmiro – David Braz, Ricardo Oliveira e Arthur Gomes
08/11 – Santos 1 x 2 Vasco – Vila Belmiro – Ricardo Oliveira
13/11 – Chapecoense 2 x 0 Santos – Arena Condá
16/11 – Bahia 3 x 1 Santos – Arena Fonte Nova – Bruno Henrique
19/11 – Santos 1 x 0 Grêmio – Vila Belmiro – Copete
26/11 – Flamengo 1 x 2 Santos – Ilha do Urubu – Bruno Henrique e Arthur Gomes
03/12 – Santos 1 x 1 Avaí – Vila Belmiro – Copete

O post Santos decepciona, mas termina 2017 com esperança para o futuro apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.