Stephen Lam/Reuters
Justin Denison, vice-presidente sênior de marketing de produtos móveis da Samsung Electronics, fala em apresentação do novo celular dobrável da companhia, em conferência na Califórnia, em 7/11/2018

A Samsung anunciou que planeja investir US$ 22 bilhões em tecnologia de inteligência artificial (IA) até 2020. Falando em sua conferência de desenvolvedores em San Francisco, o chefe de IA da Samsung, Eui Suk Chung, também disse que a empresa vai contratar mil funcionários para trabalhar na tecnologia no mesmo período.

LEIA MAIS: Apple confirma nova tecnologia radical do iPhone

No mesmo evento, nesta quarta-feira, a fabricante sul-coreana revelou um modelo de celular dobrável e pediu que programadores comecem a escrever aplicativos para o produto, ainda sem data de lançamento, além de lançar uma nova tecnologia de tela dobrável para seus aparelhos dobráveis, chamada de “infinity flex display”. Os aparelhos dobráveis carregam a promessa de permitir aos consumidores fazerem tarefas mais complexas do que em tablets ou notebooks, mas em um dispositivo que é bem mais compacto.

“É um conceito empolgante e esperamos ver produtos dobráveis de vários fabricantes de dispositivos Android”, disse Dave Burke, vice-presidente de engenharia para Android, durante conferência promovida pelo Google nesta quarta-feira. “De fato, já estamos trabalhando de perto com a Samsung em um novo dispositivo que eles planejam lançar no início do próximo ano”, disse Burke.

O objetivo da companhia é conseguir críticas para novas tecnologias que vão precisar de novos aplicativos que se adaptam ao tamanho do aparelho. A exibição das aparelhos para os desenvolvedores antes do lançamento também revela um nível maior de cautela no planejamento de produto por parte da companhia sul-coreana depois do custoso recall do modelo Galaxy Note 7, que sofreu vários casos de superaquecimento e fogo.

O post Samsung: US$ 22 bi em inteligência artificial até 2020 apareceu primeiro em Forbes Brasil.