Conhecer seu próprio corpo é fundamental, mas muitas meninas mais novas ainda têm grandes dúvidas sobre ~como tudo funciona~, principalmente quando o assunto é sexualidade. Por exemplo, você sabe o que é hímen? Trata-se de uma membrana localizada na entrada da vagina que costuma se romper durante a primeira relação sexual da menina. Mas será que ele só rompe mesmo com a perda da virgindade? Essa é a pergunta da C.D., de 19 anos, que nos enviou: “O hímen pode romper sem a mulher ter tido relações sexuais?”.

<span class="hidden">–</span>Reprodução

Quem esclarece a dúvida é a Dra. Erica Mantelli, ginecologista, obstetra e sexóloga:
Oi, C.D.! Sim, o hímen é uma membrana na entrada da vagina. Ele pode se romper durante a relação sexual ou em outras situações, como quando a mulher sofreu algum trauma, queda (crianças que tiveram uma queda de bicicleta podem acabar tendo algum comprometimento ou alguma lesão ali no hímen) ou até procedimento cirúrgico que necessitou a introdução de algum material via vaginal. Então, ele não é exclusivamente rompido só durante a relação sexual. Na grande maioria das vezes, sim, mas se houve alguma situação que ocasionou o rompimento do hímen antes da relação, não significa que a mulher não é mais virgem. Até porque a virgindade não está relacionada com a presença ou ausência do hímen íntegro ou não, a relação sexual é muito além disso.

Se uma criança, por exemplo, teve uma ruptura do seu hímen por conta de algum trauma ou acidente, isso não significa que a criança deixou de ser virgem, porque na verdade ela nunca teve uma relação sexual, apenas um rompimento de uma membrana que fica ali na entradinha da vagina. E também é preciso saber que algumas mulheres possuem um hímen que não se rompe tão facilmente. Esse tipo de hímen é mais elástico e pode ser que a mulher já até teve relação, mas o hímen continua lá, então nesse caso a mulher deixou de ser virgem, porém apresenta a membrana ainda íntegra. Entendeu?

Mande sua dúvida para capricho@abril.com.br e participe da seção S.O.S. Sexo!