Para fechar o ano, o professor Antonio Kozikoski preparou uma retrospectiva de 2017 no Exame de Ordem. Avaliando a dificuldade e o método de avaliação, o professor considerou as três provas aplicadas, XXII, XXIII e XIV exame. Segundo ele, não existe mais prova fácil, mas com a preparação certa, passar é fácil!

 

ESTUDE PARA O EXAME DE ORDEM COM O APROVA
Para mais informações ligue 0800 606 8889

“A primeira prova de 2017 elevou um pouco a dificuldade. Mas o XXIII Exame de Ordem veio para derrubar, houve um alto nível de reprovados devido a complexidade da prova. E a partir desse momento, foi inaugurada a interdisciplinaridade”, lembra o professor. Essa prova deixou todo mundo indeciso e preocupado para o próximo exame. Mas o XXIV teve um grau de dificuldade controlado e aprovou muitas pessoas.”Esse exame veio na medida para quem fez um estudo responsável”.

E o que esperar de 2018? Para Kozikoski, a 1ª fase do XXV deve possuir o mesmo grau de dificuldade do seu antecessor. “A banca evoluiu, aprendeu com seus erros e agora parece que ela se encontrou, achou o grau de dificuldade exato”, conclui.

Retrospectiva de 2017 no Exame de Ordem

 

Acompanhe em nosso blog tudo sobre Exame de Ordem e outros concursos.

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE CONCURSOS 

O post Retrospectiva de 2017 no Exame de Ordem: confira! apareceu primeiro em Blog Aprova.