Relacionamento abusivo te apaga, te desestrutura, te faz pensar que é proteção e, infelizmente, é mais comum do que a gente imagina.

<em>Cena do clipe da música “Jura Juradinho”.</em>Reprodução

Tanto eu quanto minha irmã, a Vitoria, vivemos algo assim por alguns meses. No começo, tudo era lindo, era mágico e chegávamos a pensar que eles eram verdadeiros príncipes encantados dos contos de fadas! Mas só o tempo revela quem as pessoas realmente são…

Comigo, começou com pequenas discussões sobre o tamanho de minhas roupas ou então sobre o fato de o cara achar um absurdo eu querer sair sem ele e só com meus amigos ou com minha mãe. Foi aí que comecei a “ficar louca”. Meu então namorado começou a ser agressivo fisicamente e foi aí que despertei do falso conto de fadas. Me perguntei: “e agora?”. Com a minha irmã foi a mesma coisa.

<em>“Se apoiar umas nas outras” é a melhor definição de sororidade que pode existir!</em>Reprodução

Muitas de nós não têm forças para sair sozinhas de uma relação abusiva e nós só conseguimos superar tudo isso nos apoiando uma na outra. Nossa amizade e nossa força como irmãs nos fizeram acordar e acabar com tudo. Mas não foi fácil.

Escolhemos usar o clipe de Jura Juradinho para falar, mostrar e alertar sobre essa realidade. A internet já está cheia e saturada de clipes que mostram contos de fadas. Queríamos ver algo que mostra que, muitas vezes, a princesa ainda está em perigo e o motivo é o próprio príncipe.

Meninas, sintam-se abraçadas! Nós sabemos o quão difícil é sair desse tipo de situação, mas não é impossível e nós “juramos juradinho” nunca parar de gritar e lutar até que todas nós sejamos salvas desse pesadelo.

Carol Marcílio

 

Carol Marcílio, da dupla (Carol e Vitoria), é cantora, irmã e faz parte da corrente A.M.E. (autoestima, mental health e empoderamento) da CAPRICHO.