RedeTV! (Foto: Reprodução)
RedeTV! (Foto: Reprodução)

A RedeTV! já está planejando a programação do ano que vem, que deverá ter séries e também um reality com Youtubers.

A emissora está fazendo testes com Youtubers para formar o elenco do Entubados, reality show que reunirá oito famosos da internet com exibição tanto na TV como na internet. Até o agora ninguém foi contratado, e o lançamento está previsto para após o Carnaval.

+ Edu Guedes faz sucesso na TV e pode ser contratado por emissora concorrente

Também em 2019, no segundo semestre, a emissora de Amilcare e Marcelo pretende retomar a criação de séries, como informa o jornalista Flávio Ricco. A última feito pelo canal foi Donas de Casa Deseperadas (2007).

Marcelo de Carvalho em entrevista ao "Programa do Porchat" (Foto: Edu Moraes/Record)
Marcelo de Carvalho em entrevista ao “Programa do Porchat” (Foto: Edu Moraes/Record)

Terrenos próximos à sede da RedeTV!, em Osasco, foram comprados para a construção de um complexo exclusivo para dar início às produções. Marcelo de Carvalho, no começo da semana, comandou extensa reunião sobre o assunto.

MAIS SOBRE A REDETV!

A ex-BBB Amanda Djehdian, hoje youtuber, armou um barraco daqueles nos bastidores da RedeTV! Convidada para o SuperPop, ela deu de cara com a sensitiva Márcia Fernandes, seu desafeto. A jovem não gostou nada da presença da mulher e a questionou sobre comentários feitos enquanto ela estava no Big Brother. Na época, Fernandes acusou Amanda de praticar satanismo por conta de sua tatuagem. Em conversa com o jornalista Gabriel Perline, do site Notícias da TV, a ex-BBB opinou que os comentários da sensitiva contribuíram para sua derrota.

“A vitória do Cezar [Lima] foi merecida, o público escolhe. Mas com toda a certeza [o comentário dela] influenciou, quando a ‘super’ sensitiva, que não sabe diferenciar quando eu falava de pessoas vivas e de desencarnadas, soltou diversas calúnias um dia antes da final do BBB. Passei a ser atacada nas redes sociais com comentários extremamente preconceituosos, de intolerância religiosa“, comentou Amanda, que ainda revelou ter esperado mais se três anos para colocar Márcia contra a parede.