Foto reprodução Forbes
O Hilton Queenstown Resort & Spa na Nova Zelândia está localizado dentro da vila de Kawarau, às margens do Lago Wakatipu.

Situado na ilha sul da Nova Zelândia, a Kawarau Village reúne o DoubleTree by Hilton Hotel Queenstown e o Hilton Queenstown Resort & Spa. As propriedades são envolvidas pela serenidade do Lago Wakatipu e contam com um impressionante cenário montanhoso. A região também guarda um pouco do efeito “Senhor dos Anéis”: embora as últimas filmagens da saga tenham acontecido 2004, ainda é possível sentir um fascínio mítico no ar. O que talvez explique por que os elementos de saúde, bem-estar e beleza ali presentes exalam uma espécie de magia não dita, inclusive com o uso do quartzo rosa.

VEJA TAMBÉM: Conheça os spas mais luxuosos do mundo

Contrariamente à crença popular de que os grandes hoteleiros oferecem uma abordagem padrão de serviço, o Hilton Queenstown e o DoubleTree (ambos compartilham o Spa, que possui a maior instalação da cidade) possuem tratamentos geograficamente específicos e exclusivamente personalizados que abordam o cultivo e a defesa de ingredientes locais.

Foto reprodução Forbes
Spa presidencial dentro do Hilton Queenstown na Nova Zelândia.

Para oferecer aos hóspedes uma experiência totalmente surpreendente, o principal tratamento é o serviço Aroha Goddess Escape, batizado em homenagem aos Maori, a população indígena da Nova Zelândia. Na língua maori, a palavra Aroha significa “amor”. O serviço reúne produtos usuais, mas bem-vindos: massagem e esfoliação facial e nas costas. A atração especificamente regional é o uso de quartzo de origem local na face e no colo. Ultimamente, os tratamentos com quartzo rosa tem sido altamente elogiado por celebridades como Victoria Beckham, Jessica Alba, e Alicia Keys, que dizem ser a pedra um dos segredos de uma pele impecável e saudável.

Para a equipe de spa do Hilton, o quartzo rosa é a metade de sua fórmula para o sucesso; outra diferença notável é o apoio aos artesãos e trabalhadores locais para fortalecer os tratamentos e serviços exclusivos. Uma dessas empresas é a Verité (que significa verdade), fundada na Nova Zelândia, que oferece produtos sob encomenda, produzidos pela criadora e fundadora, Janin Dei-Conti. Ela explica que em seu país tudo é feito à mão e em pequenos lotes, utilizando “apenas ingredientes orgânicos e naturais certificados, de alta qualidade, sem produtos sintéticos”. “Somos 100% naturais e também cruelty free [não testados em animais].”

Foto reprodução Forbes
Os produtos de beleza Verité são produzidos à mão na Nova Zelândia e usados ​​no eforea spa.

Erin MacDermott, gerente do spa e massagista terapêuta especializada em saúde holística e modalidades de cura energética no Queenstown Hilton, diz que o foco está “no profundo relaxamento mental e físico, estimulando o sistema nervoso parassimpático, único estado em que os corpos conseguem realizar autocura”. “Trabalhamos em grande parte com as capacidades de regeneração energética que nossos corpos possuem.”

E AINDA: 5 motivos para visitar o Acqualina Resort & Spa, na Flórida

Erin diz que o quartzo é proveniente da vizinhança de Queenstown, que assim como Arrowtown e Macetown foram historicamente populares na mineração de ouro. Foi durante esta era “Gold Rush” no século XX que uma abundância de pedras rosas foram descobertas. As gemas desta região em particular são incrivelmente puras devido à localização remota e à filosofia “limpa e verde”, seguida pela Nova Zelândia.

Erin diz que o quartzo rosa simboliza (e está imbuído de) amor incondicional. “Não estamos apenas nos referindo a noções românticas de afeto. A pedra possibilita o amor-próprio, o cuidado e leva a um estado superior de consciência. O quartzo rosa corresponde e abre o chakra do coração, considerado o centro energético de amor, que permite a conexão entre o eu físico e espiritual. O amor também é sobre perdoar a si mesmo, os outros e fazer as pazes com suas lutas internas e externas. Diz-se que as propriedades do quartzo rosa podem fornecer força e energia para aceitar situações passadas, dissipar a negatividade, e renovar e restaurar a confiança.”

Foto reprodução Forbes
Antes e depois dos tratamentos, você pode descansar no lounge com vista para as margens do Lago Wakatipu.

A terapeuta diz que, durante o tratamento, pedras lisas são metodicamente passadas sobre o rosto do cliente e que uma é colocada no peito. “Isso ajuda a drenar a energia tóxica e as emoções negativas trancadas ou presas. É importante permitir a si mesmo aceitar essa forma [alternativa] de cura, especialmente quando vivemos em um mundo onde somos constantemente bombardeados com ruídos e estímulos.” Ela explica que, com base nas necessidades da pele, o soro ou óleo Verité é friccionado no rosto e no pescoço, e o quartzo é rolado para os linfonodos. “Fazer isso ajuda na absorção dos produtos, na drenagem dos fluidos, na eliminação do inchaço, na liberação de toxinas e no relaxamento geral. A textura das pedras que deslizam sobre a pele também ajuda a atingir um estado zen.”

Foto reprodução Forbes
A pedra de quartzo rosa é posicionada no peito durante o tratamento facial da Deusa Aroha.

Tudo na vida é sobre equilíbrio. Não é apenas sobre extração, é também sobre a retribuição consciente: o quartzo rosa é honrado e respeitado aqui. Como vem da mãe terra, há também uma prática de limpeza e recarga das gemas. Erin explica que a cada mês os cristais são recarregados sob a lua cheia para eliminar a energia negativa que é absorvida e restaurar a freqüência vibracional. “Pense nisso como sintonizar um violino, ele precisa ser afinado de vez em quando para novamente estabelecer uma condição ideal de trabalho. É o mesmo conceito para o quartzo de rosa, ao qual é fornecida a restauração ideal ao seu estado original.”

O post Quartzo rosa é o novo queridinho das celebridades apareceu primeiro em Forbes Brasil.