Aconteceu, na manhã desta sexta-feira (12), mais um casamento real! Desta vez, foi a princesa Eugenie, filha do príncipe Andrew e neta da rainha Elizabeth II, quem celebrou sua união com o empresário Jack Brooksbank. E é claro que a cerimõnia, que aconteceu na capela de St. George, no castelo de Windsor, foi baphônica.

A princesa Eugenie se casou com o empresário Jack Brooksbank na manhã desta sexta-feira (12), em WindsorGetty Images

Mas o que chamou atenção mesmo foi a escolha do vestido da noiva. Eugenie optou por um vestido rendado de saia bem volumosa desenhado pelos estilistas Peter Pilotto e Christopher De Vos, fundadores da marca britânica Peter Pilotto. Acontece que, a pedido da princesa, o look trazia um decote em V que começava nos ombros e ia até as costas, deixando-as bem aparente.

Para a noiva, este era um detalhe importante pois ela quis deixar à mostra a cicatriz que tem nas costas por causa de uma cirurgia que fez aos 12 anos para corrigir uma escoliose (encurvamento anormal da coluna vertebral). Ao mostrar que não sente vergonha de suas cicatrizes, Eugenie incentiva mulheres ao redor do mundo a fazer o mesmo.

Princesa Eugenie fez questão de deixar sua cicatriz para corrigir uma escoliose à mostra em seu casamentoGetty Images

Provavelmente porque queria deixas as costas à mostra, a princesa também preferiu não usar véu. No lugar disso, ela vestiu uma coroa de diamantes e esmeraldas, que pertenceu à Rainha Mãe, mãe de Elizabeth II.

Da cauda longa, porém, Eugenie não abriu mão. O vestido, mais moderno, trazia na região do quadril umas dobras que lembravam um laço.

O vestido de noiva da princesa Eugenie tinha uma cauda enormeInstagram

Quando a noiva chegou ao altar, Jack Brooksbank, o noivo, disse que ela estava “perfeita”. E estava mesmo, né?