O estúdio Pixar, um dos mais famosos do mundo, está com um novo projeto. A série “SparksShorts” conta com curtas-metragens desenvolvidos exclusivamente para a internet. O objetivo da empresa é incentivar novos talentos e criar mais histórias.

<span class="hidden">–</span>Reprodução

A primeira delas, escolhida para lançar a iniciativa, se chama Purl. Escrita e realizada por Kristen Lester, o curta tem quase 9 minutos de duração e conta a história de um novelo de lã rosa que é contratado para trabalhar em uma multinacional. A questão é que o novelo é a única funcionária do sexo feminino da empresa. Para tentar se enturmar e ser bem aceita nas rodas de conversa e reuniões, ela decide se “retricotar” em um novelo de terno e gravata, se fazendo passar por homem. Contudo, quando uma nova novelo mulher chega à empresa, ela percebe que a mudança incomoda e precisa incomodar mesmo – e que a desigualdade de gênero no ambiente de trabalho ainda é gritante.

O curta tem uma mensagem final bastante positiva, mas não deixa de ser um cutucão em indústrias machistas que ainda tratam seus funcionários de forma diferente baseando-se no gênero e não na competência de cada um. A diretora Kristem revelou que sua criação foi baseada em fatos reais: “meu primeiro trabalho, eu era como a única mulher na sala, e assim, para fazer a coisa que eu amava, eu meio que me tornei um dos caras. E então eu vim para a Pixar, e comecei a trabalhar em equipes com mulheres pela primeira vez, e isso realmente me fez perceber o quanto do aspecto feminino de mim mesmo eu havia enterrado e deixado para trás.”

Confira abaixo o curta Purl:

Mensalmente, e às vezes mais de uma vez por mês, novos curtas-metragens serão lançados no canal Disney Pixar, na série Pixar SparkShorts. Curtiam o primeiro vídeo? E o projeto?