Thaila Ayala estará em Coisa Mais Linda, nova série da Netflix. (Foto: Divulgação)
Thaila Ayala estará em Coisa Mais Linda, nova série da Netflix. (Foto: Divulgação)

As produtoras e os atores brasileiros ainda estão aprendendo a melhor forma de lidar com a Netflix. A empresa norte-americana decidiu investir pesado em produções originais no Brasil, e com isso, também traz algumas regras que não são tão comuns no nosso mercado, como a extrema exigência de sigilo dos profissionais em torno das novas séries.

Por aqui é até comum as emissoras orientarem a equipe e os atores a não fazerem comentários sobre as novas produções antes da estreia, mas sempre existe um certo desleixo, e os detalhes das obras acabam vazando com bastante antecedência para a imprensa.

Talvez já acostumada com essa margem de “tolerância” da TV brasileira, Thaila Ayala não se preocupou muito em fazer alguns comentários sobre seu trabalho em Coisa Mais Linda, série nacional da Netflix que tem estreia prevista para março. Porém, o serviço de streaming não gostou nada de ver informações sobre a nova produção espalhadas através da mídia, mesmo que tenham sido pouco relevantes.

Em entrevista à jornalista Márcia Pereira, do site Notícias da TV, Thaila, que será uma das protagonistas da nova série, revelou que levou uma bronca da Netflix pelos seus comentários. “A gente não pode falar nada. Fui falar o básico e levei uma bronca”, disse a ex-global.

+ Depois de Arnaldo Cezar Coelho, mais um comentarista da Globo anuncia aposentadoria

Criada por Heather Roth e Giuliano Cedroni, Coisa Mais Linda terá sete episódios de uma hora. A série vai girar em torno de Maria Luiza (Maria Casadevall), uma mulher conservadora que depende do pai, Ademar, e do marido, Pedro. Quando Pedro acaba desaparecendo, a protagonista decide sair de São Paulo e se mudar para o Rio de Janeiro, onde o marido planejava abrir um restaurante. Ao chegar na cidade maravilhosa, ela contraria o seu bom senso e o desejo do pai, e acaba transformando o estabelecimento do marido em uma casa noturna de Bossa Nova. Influenciada por amigas feministas e liberais, Maria Luiza dá início a uma transformação pessoal.

Vale lembrar que essa estratégia da Netflix em impor bastante rigor para evitar vazamentos através da equipe teve início com a série O Mecanismo, lançada no início deste ano, e surtiu bastante efeito, já que pouco foi revelado sobre a atração antes da sua estreia e criou-se uma boa expectativa do público pelo seu lançamento.