TV Foco

Nego do Borel no Altas Horas (Foto: Mariana Revoredo/Gshow)

Hoje consagrado como um dos maiores nomes do funk brasileiro, o cantor Nego do Borel é um clássico exemplo de superação. Vindo de família pobre, ele falou sobre a “volta por cima” de sua vida em participação no programa Altas Horas deste sábado (30).

Eu já chorei muito e já agradeci muito a papai do céu. Quando a gente tem um sonho, tem que correr atrás e não é fácil. Muitas vezes assisti ao ‘Altas Horas’ em casa sem ter um real para comprar um pão e hoje estou aqui. É uma sensação maravilhosa, do cara vencedor”, revelou.

Ouvido por milhares de jovens todos os dias, o cantor falou de sua responsabilidade como “influenciador”: “Sinto uma responsabilidade enorme de poder representar milhares de jovens que estão na comunidade e sonham em dar uma vida melhor para sua família”.

+Larissa Manoela vai a programa da Globo novamente e faz revelação

O cantor falou sobre o preconceito que as pessoas sentem por quem vem de comunidade e quer iniciar uma carreira no mundo da música.

Quando a pessoa vem da comunidade, ela é desacreditada, tem um certo preconceito no Brasil e eu consegui ultrapassar barreiras. Hoje, tenho certeza que sou um orgulho para a minha mãe, minha avó e minha comunidade, que não abandonei”, revelou.

NEGO DO BOREL FALA SOBRE CONSELHO DE ANITTA QUE MUDOU SUA VIDA

A amizade entre Nego do Borel e Anitta não é segredo para ninguém. Os dois, além de já terem feito uma parceria musical, se ajudam com coisas do cotidiano.

Em seu perfil oficial no Instagram, o artista publicou uma foto em que faz um agradecimento especial pelo conselho que recebeu da funkeiro.

“Gente, não estou tomando bomba não, hein?”, disse ele, que contou que teve a ajuda de duas amigas famosas: “Bem que eu queria tomar um negocinho pra me dar mais disposição apenas, mas a Anitta e a Mayra Cardi não deixaram, me botaram um terror. Falaram que é pra eu focar no treino, entrar na dieta, que eu ia conseguir chegar ao meu objetivo”, escreveu ele.

Em seu Twitter, Anitta falou sobre a declaração do cantor: “Eu vou lá deixar meu irmão acabar com o instrumento de trabalho dele, que faz ele tão feliz. Tô doida ainda não”, escreveu.

Quem também está contando com a ajuda da life coach Mayra Cardi e explicou o motivo: “Com tanta correria, a gente precisa estar saudável para manter esse ritmo. Como eu ainda estou no colégio, acordo muito cedo, gravo, tenho que fazer a lição do colégio, decorar o texto para o dia seguinte, então, realmente, a agenda é bem lotada”, afirmou ela ao Purepeople.

“E alimentação conta muito, a gente precisa estar bem, com energia, forte… E tudo é tão determinado, que se a alimentação foge, a gente foge também”, explicou ela, que falou sobre o ritmo puxado de sua agenda: “Sempre coloquei meu estudo em primeiro lugar e sempre estudei na parte da manhã porque meus compromissos sempre foram à tarde. E comecei muito novinha, fui descoberta na cidade de Guarapuava, no Paraná. Sempre convivi com essa rotina de começar o dia muito cedo e terminar mais tarde, então me considero uma pessoa noturna”, completou a atriz.

Nego do Borel fala sobre vida antes da fama: “Já chorei muito”