Galvão Bueno na transmissão da final da Copa do Mundo da Rússia (Foto: Reprodução/Globo)
Galvão Bueno na transmissão da final da Copa do Mundo da Rússia
(Foto: Reprodução/Globo)

Após mais uma traumática Copa do Mundo, Galvão Bueno voltará à antiga rotina a partir da próxima semana. É que o narrador voltará a comandar o Bem Amigos, programa no SporTV. Quem anunciou foi o próprio Galvão em post no seu Instagram.

Terminadas as férias, hora de trabalhar!! Por enquanto nas uvas e nos vinhos aqui na Itália!! Mas segunda já tem #Bem Amigos e quarta jogão na Libertadores!! Boca Juniors x Cruzeiro. É bom voltar!! Está na hora”, escreveu o global.

+Em Espelho da Vida, personagem de Vera Fischer será rival da de Luciana Vendramini

Vale lembrar que a volta à narração de jogos não é inédita para Galvão após a Copa, já que ele narrou jogos pela Copa Libertadores. Na legenda de Galvão, a citação a uvas se refere ao local em que ele estava: provando a produção em uma vinícola.

GALVÃO ESCLARECEU AUSÊNCIA EM AMISTOSOS DA SELEÇÃO

Após ser confirmada a informação de que Galvão Bueno não irá narrar os próximos jogos da Seleção brasileira, contra os Estados Unidos e El Salvador, o narrador decidiu esclarecer sua ausência na transmissão dos dois amistosos e se pronunciou nas redes sociais.

“Gente, eu ando sumido porque estou de férias e justamente por isso não farei os jogos da seleção. Mas estarei muitíssimo bem representado pelo Luiz Roberto dia 7 contra os EUA e pelo Cléber dia 11 contra El Salvador. Muito boa sorte meus amigos. Quebrem tudo!! Eu volto em outubro!!”, anunciou Galvão em seu perfil oficial no Twitter, na tarde desta quinta-feira (06).

Luis Roberto em vídeo gravado para o “Bem, Amigos”. (Foto: Reprodução)

Para as duas transmissões, a Globo já escalou substitutos de Galvão. Luís Roberto, grande sensação da emissora na Copa do Mundo na Rússia com seus bordões e o jeito descontraído, foi definido como o narrador da partida entre Brasil x EUA, da sexta-feira (07). Já Cléber Machado comandou a partida da Seleção brasileira contra El Salvador, na próxima terça-feira (11).