Getty Images
Grupo japonês pode assumir o controle da concessionária e suas dívidas

O grupo japonês Mitsui está em negociações para comprar a concessionária de transporte ferroviário do Rio de Janeiro SuperVia após o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) bloquear outras ofertas pela companhia, disseram duas fontes com conhecimento do assunto.

LEIA MAIS: 10 melhores trens de luxo para viajar

Uma delas disse que uma proposta vinculante liderada pela Starboard Restructuring Partners foi rejeitada nesta semana pelo banco, já que não previa a transferência ao comprador das dívidas contraídas pela SuperVia com o BNDES.

Agora a Mitsui, que já é acionista da Odebrecht Mobilidade, uma holding que controla a SuperVia, sediada no Rio de Janeiro, com uma participação de 40%, está em negociações para assumir o controle da concessionária e de suas dívidas com o banco de desenvolvimento.

As negociações para vender a concessionária de transporte ferroviário estão sendo lideradas por credores brasileiros da Odebrecht, à medida que o grupo, assolado pelos efeitos do escândalo de corrupção investigado pela operação Lava Jato, enfrenta pressão para vender ativos e reduzir dívidas.

Uma outra proposta pelo fundo de investimento dos Emirados Árabes Unidos Mubadala Development foi rejeitada.

Odebrecht, Mitsui e Starboard não quiseram comentar imediatamente o assunto.

VEJA TAMBÉM: Concessionárias de veículos elevam previsão no Brasil em 2018

O jornal “O Globo” publicou, em reportagem mais cedo nesta semana, que a Mitsui estava sendo considerada como candidata mais provável a adquirir a SuperVia.

O post Mitsui está em negociações para comprar SuperVia apareceu primeiro em Forbes Brasil.