A Lenovo apresentou um concorrente para o Surface Studio, que tem nome de Yoga A940, tela de 27 polegadas e permite upgrade de partes internas. Além disso, o All-in-One da Lenovo é quase que R$ 4 mil mais barato do que o computador da Microsoft e que foi lançado no final do ano passado.

Assim como o Surface Studio, o Yoga A940 vem em uma base que permite o uso do computador em uma forma que lembra a mesa de um arquiteto, deitando o display até cobrir a parte inferior, que é onde ficam os componentes. A tela pode ser 4K, permite a utilização de uma caneta stylus com tecnologia da Wacon e consegue ficar quase que deitada na mesa.

Do lado de dentro a Lenovo colocou um processador Intel Core i7 de oitava geração e que é de desktop (com TDP de 65 W). A GPU é uma Radeon RX 560, é possível configurar o computador para até 32 GB de RAM DDR4, 512 GB de SSD em uma placa PCIe e um HD extra que pode ser de 2 TB.

No lugar do acessório da Microsoft que funciona como um dial e que vai na tela, a Lenovo colocou um dial lateral, mas adicionou um recurso muito interessante na outra lateral da parte inferior: uma superfície que carrega qualquer dispositivo por indução – como um iPhone ou Android, ou a caneta stylus.

Em conexões, o Yoga A940 oferece quatro portas USB 3, duas USB 2, uma USB 3.1 e um leitor de cartões de memória. Além disso, há uma conexão Thunderbolt 3 e a conexão sem fios é no padrão 802.11ac.

Tudo isso tem preço inicial de US$ 2.349,99 (algo perto de R$ 8,8 mil), mais de US$ 1 mil (ou R$ 3,7 mil) mais barato do que o preço inicial do Surface Studio 2. A previsão de lançamento do Lenovo Yoga A940 está marcada para março e não há confirmação de lançamento no Brasil.

Com informações: Lenovo.

Lenovo Yoga A940 é um concorrente do Microsoft Surface Studio 2