Jovens do Mercosul participam de evento no Uruguai

Jovens do Mercosul participam de evento no Uruguai
Beatriz Sanz / R7

Jovens de diversos países da América Latina enxergam na educação à distância uma solução para os problemas de desemprego juvenil que a região apresenta.

Durante o 1º Encontro de Jovens do Mercosul, uma iniciativa que reúne empresas, governos e jovens do Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai para discutir o mercado de trabalho, jovens dos quatro países apresentaram propostas sobre como melhorar essa questão complexa.

Tecnologia no centro

O ponto central de grande parte dos projetos que foram apresentados é a tecnologia da informação, usando plataformas que foram criadas pelos próprios jovens.

São programas de mentoria e desenvolvimento do potencial de adolescentes e jovens em toda a região que podem ser colocados em ação através da internet e das redes sociais.

Facilitar o contato

Esses projetos visam facilitar o contato entre as empresas interessadas e os jovens, para que esses consigam uma oportunidade de emprego, mesmo sem possuir grande experiência ou conhecimentos específicos como outras línguas.

Para o estudante Marcos Silva, 23, a internet também gera oportunidades de empreender. Ele apresentou o projeto PICEJE (Plataforma Integrada e Conectada a Jovens e Empresas), onde grupos de universitários poderiam se cadastrar para apresentar soluções para problemas de empresas reais.

Caso as soluções fossem aproveitadas, a empresa poderia contratar o estudante como estagiário ou recomendá-lo para outros trabalhos.

*A jornalista Beatriz Sanz viajou para Montevidéu a convite da Nestlé, que patrocina o evento