Buchecha durante participação no programa Domingão do Faustão (Foto: TV Globo)
Buchecha (Foto: TV Globo)

Conhecido por conta de seus sucessos que interpretava ao lado de Claudinho, Buchecha tem sido requisitado para auxiliar em uma importante missão: ajudar jovens da Igreja Católica a promover um evento.

+Ex-participante do BBB promove festa naturista e causa ao aparecer nu

De acordo com informações do colunista Leo Dias, do jornal O Dia, os integrantes da igreja de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, estão tentando fazer contato com o cantor Buchecha para que ele grave, com o celular, um vídeo de 11 segundos.

+Neymar lamenta morte de Deise Cipriano, do Fat Family, em post emocionante

Outros artistas famosos já fizeram com outros temas sobre o evento que é beneficente.  O tema do evento é Nosso Sonho Não Vai Terminar, hit de Claudinho e Buchecha, que fez sucesso em 2002. Ele ainda não atendeu.

O cantor Buchecha (Foto: Reprodução)
O cantor Buchecha (Foto: Reprodução)

BUCHECHA FALA QUE SUA PIOR EXPERIENCIA NA TV FOI COM MARÍLIA GABRIELA 

Ícone do funk brasileiro, Buchecha concedeu uma entrevista para o canal de Rafael Cortez no YouTube e revelou alguns detalhes curiosos dos seus 25 anos de carreira na música.

Questionado sobre qual foi a sua pior experiência na televisão, o cantor respondeu com sinceridade: “Acho que com a Marília Gabriela. Primeira vez no De Frente Com Gabi [SBT]. Ela dava um suadouro, um pouco de medo. Aqueles olhões te intimidam um pouco. Ela perguntou: ‘Você já usou droga?’. Falei: ‘Não, a não ser que bebida seja droga’. Porque a primeira vez que eu fui subir no palco, para cantar o ‘Rap do Salgueiro’ em um festival, eu enchi a cara, porque fiquei muito nervoso. E deu certo, acabou que o ‘Rap do Salgueiro’ foi o que trouxe a gente para o cenário artístico”.

+ Conheça elenco e personagens e saiba quem é quem em O Sétimo Guardião

Buchecha também admitiu que existem algumas músicas do seu repertório que não aguenta mais cantar. “Tem pelo menos umas cinco músicas que às vezes enche o saco. O disco vira, né? A gente quer cantar outras coisas, mas as pessoas sempre pedem as antigas, ‘Fico Assim sem Você’, ‘Só Love, Só Love’, ‘Conquista’, ‘Quero te Encontrar’ e ‘Nosso Sonho’. Só for escolher uma mesmo é ‘Conquista’. Não aguento mais. Dor na coluna”, contou.

Durante a entrevista, o funkeiro ainda revelou que recentemente chegou a convidar uma cantora para fazer uma gravação com ele, mas foi ignorado e depois deu o troco. “Mandei a música pelo Whatsapp, ela leu e me ignorou. Depois de pouco tempo, a gente esteve junto em uma premiação, ela me viu e falou: ‘Ah você aqui, vamos gravar’. Eu respondi que sim. Aí ela mandou a música pra mim e eu fiz o egípcio também. Eu não vou gravar, ou a gente se ama, se respeita e se trata bem, ou não pode fingir, né? Eu não sou de fazer isso, mas acho que poderiam dizer ‘sim’ ou ‘não’, mas agora, fingir que não viu e ignorar, não”, disparou.