Graças a Vingadores: Guerra Infinita, as Joias do Infinito são algumas das relíquias mais conhecidas da cultura pop atualmente, e recentemente ganharam uma nova origem nos quadrinhos da Marvel, diferente da mencionada no Universo Cinematográfico.

Na edição deste mês da HQ Infinity Wars, Loki foi capaz de lutar contra todas as seis Joias do Infinito longe de Gamora, a principal antagonista do título até agora. Agora, com os objetos mais poderosos do universo, Loki os levou para a Pedreira dos Deuses, pensando que seria capaz de acessar poderes nunca antes vistos.

No entanto, ao chegar na Pedreira, algo está errado. As Joias do Infinito não têm poder naquele lugar, e é lá que vemos a verdadeira origem dessas relíquias. Loki encontra um grupo de Celestiais que criaram – e estão minerando ativamente – as Joias do Infinito para enviar através de todas as realidades do multiverso, sendo os responsáveis pela “fabricação” destes artefatos.

À medida que as Joias do Infinito chegam à Terra, também vem a guerra pelo controle sobre elas. Mas ninguém que maneja as Joias sabe a verdade sobre o poder que elas contêm… ou o que seria necessário para levá-las ao seu fim. A natureza do universo em si está em jogo à medida que aprendemos a resposta à pergunta nos lábios de todos desde “Infinity Wars Prime”: Quem é Requiem? Gerry Duggan (Deadpool, Infinity Countdown) e Mike Deodato Jr. (Original Sin, Old Man Logan) olham para o Infinito e trazem a verdade à luz!

O post Joias do Infinito ganham nova origem nos quadrinhos da Marvel apareceu primeiro em O Vício.