Ivete com o marido e os filhos (Foto: Reprodução)

Em entrevista à revista “Crescer”, Ivete Sangalo comentou sobre maternidade e contou que se questionou que sentiria pelas gêmeas, Marina e Helena, o mesmo amor que deu ao primogênito, Marcelo, de 8 anos. “Eu ficava falando para as pessoas que tinham mais de um filho: ‘Vai amar mesmo? Será que vou amar mesmo? Ô mulher ama mesmo? Ama mesmo?’”, contou a cantora

+Após rogar praga e detonar programa, Ana Paula Renault é vetada no “Hoje em Dia”

No entanto, Ivete falou que notou que o sentimento pelas herdeiras, hoje com 8 meses, já existia: “A gente não percebe que o vínculo se estabelece na gravidez. Você fica se perguntando isso porque está tão inebriada e a expectativa de ter outro filho, no meu caso, duas filhas, é muito grande”.

+Após rogar praga e detonar programa, Ana Paula Renault é vetada no “Hoje em Dia”

A artista notou uma diferença em seu comportamento depois que deu à luz Marina e Helena. “Eu reparei que estou mais calada, mais silenciosa no meu dia a dia. Acho que é porque eu fico contemplando o tempo todo e me perguntando como pode estas pessoas serem meus filhos. Eu fico emocionada só de imaginar”, revelou a cantora.

+Homem surge em transmissão ao vivo na Globo e faz protesto contra Bolsonaro

Ivete Sangalo e o filho Marcelo (Foto: Reprodução/Instagram)
Ivete Sangalo e o filho Marcelo (Foto: Reprodução/Instagram)

+Marília Mendonça adia show após pane no avião e faz desabafo sobre o desespero vivido

“A maternidade é muito especial. Eu fico me perguntando: ‘Meu Deus, eu tenho gêmeas e tenho outro filho também. Meu Deus, que coisa maravilhosa’. Daí é só ficar fazer checks: É amor, é amor, é amor… Chega dá um cansaço”, brincou Ivete.