Após o susto com a lesão de Gabriel Jesus, neste domingo, Pep Guardiola tratou de minimizar a situação. Durante a partida contra o Crystal Palace, o atacante brasileiro do Manchester City deixou o campo com dores, chorando copiosamente. No entanto, o treinador apontou que a contusão não é das mais graves e que o jogador deve ficar de fora dos gramados por no máximo ois meses.

“Ele ficará de fora dos gramados por entre um ou dois meses”, revelou o técnico, em coletiva de imprensa após o 0 a 0 desta manhã.

Guardiola garante Jesus na Copa: “Ele ficará fora por um ou dois meses”

Treinador também perdeu Kevin De Bruyne na partida contra o Palace (Foto: Paul Ellis/ AFP)

Com a declaração, a preocupação quanto à participação do camisa 33 na Copa do Mundo da Rússia foi tranquilizada. A competição será realizada apenas em meados de junho, ou seja, Jesus terá tempo suficiente para se recuperar e voltar à melhor forma.

O lance que originou a lesão de Jesus aconteceu ainda no primeiro tempo, mais exatamente aos 10 minutos. Ele tentou aplicar um drible, mas acabou escorregando sozinho, sem encostar no marcador, e logo colocou a mão sobre o joelho.

Além do brasileiro, outro importante jogador dos Citzens que também se lesionou no jogo deste domingo foi Kevin De Bruyne. O meia belga deixou o campo de maca após dividida, mas ninguém relacionado ao clube deu qualquer informação sobre a situação dele.

O post Guardiola garante Jesus na Copa: “Ele ficará fora por um ou dois meses” apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.