Goleiro convocado para seleção é 1ª vítima identificada em incêndio no CT do Flamengo

Christian Esmerio Candido, de 15 anos, era uma das grandes promessas do clube.

O incêndio que atingiu na madrugada desta sexta-feira o Ninho do Urubu, o
centro de treinamentos do Flamengo, em Vargem Grande, na zona oeste do
Rio de Janeiro, e deixou 10 mortos e três feridos já tem a sua primeira
vítima identificada. Trata-se do goleiro Christian Esmerio Candido, de
15 anos, que era uma das grandes promessas do clube.

Christian já foi convocado algumas vezes para a seleção brasileira de
base e realizou treinamentos na Granja Comary, em Teresópolis (RJ). Por
suas redes sociais, é possível perceber que vestir a camisa do Brasil
era um dos orgulhos de sua carreira.

Em dezembro e janeiro, o time sub-15 do Brasil teve um período de
treinamentos na Granja Comary com vistas a torneios em 2019. Em seu
Facebook e Instagram é possível ver fotos de Christian com o técnico
Tite, da seleção principal, e com a atacante Marta, do time feminino, em
Teresópolis.

O goleiro, evangélico da Igreja da Restituição Ministério, tinha um
ídolo em especial: a sua mãe. No início de janeiro, escreveu em seu
Facebook uma declaração de amor. “Obrigado meu Deus por me permitir ser o
filho desta Mãe maravilhosa, que me ensinou o que é o amor!”, foi a
última parte de um longo texto dedicado a ela.

Na tragédia, os bombeiros foram acionados às 5h17 da manhã. Por volta
das 7 horas, as chamas foram controladas, mas ainda não há informações
sobre quem são os mortos e a situação de todos os feridos. Imagens
aéreas divulgadas pela TV Globo mostraram uma parte da área do CT
completamente destruída.