Em março deste ano, a FX Networks e a Marvel Television anunciaram que não iriam mais produzir a série animada de Deadpool, cancelando o projeto que estava sendo desenvolvido por Donald Glover (Atlanta) e seu irmão, Stephen Glover.

A proposta era realizar uma série animada destinada ao público adulto com o famoso mercenário tagarela dos quadrinhos da Marvel. 10 episódios iniciais estavam previstos para ir ao ar este ano pelo canal FXX.

Na época, o comunicado do fim do projeto citava “diferenças criativas”, enquanto rumores sugeriam que a agenda cheia de Donald Glover pode ter dificultado a produção.

Pouco tempo depois, o próprio Donald Glover compartilhou o roteiro de um episódio, provando que estava ativamente trabalhando na série e revelando certo desconforto com o cancelamento.

Agora, o presidente da FX Networks, John Landgraf, falou abertamente sobre o motivo de terem abortado a série de Deadpool. O CEO da companhia admitiu, durante o TCA (Television Critics Association), que a Marvel não aprovou a versão do personagem.

“Eles não queriam fazer o programa que Donald e Stephen [Glover] escreveram. Nós teríamos feito o que Donald e Stephen escreveram, mas não foi nossa decisão. Quando a Marvel decidiu não fazer a série, nós nos separamos deles, assim como Donald e Stephen. Agora está na mão deles [da Marvel], se eles quiserem contratar outra pessoa para fazer uma versão diferente”, disse Landgraf.

Pelo visto, a relação entre as partes ficou estremecida pela reprovação do projeto. De qualquer forma, a Marvel Television segue em parceria com o FX através de Legion, enquanto Donald Glover continua como um dos nomes mais importantes para a emissora devido ao sucesso – de crítica e público – de Atlanta.

E aí, o que achou da resposta do FX pelo cancelamento da série animada de Deadpool? Comente abaixo.