Quem vê Harry Potter não consegue pensar em um trio de atores mais perfeito para os papéis de Harry, Rony e Hermione do que Daniel Radcliffe, Rupert Grint e Emma Watson, né? Mas sabia que quase tivemos que nos acostumar com outro ator dando vida ao nosso ruivinho preferido de todos os tempos?

Rupert GrintGetty Images

Pois é, em um texto ao jornal britânico The Guardian Rupert contou que ele quase abandonou a franquia após uma das férias que eles tiveram entre as gravações.

“Com certeza houve momentos em que eu pensei em largar tudo. Gravar Harry Potter era um sacrifício massivo. Trabalhar desde uma idade tão nova por períodos tão longos… Eu me lembro de pensar, durante umas férias: ‘isso tudo me consome tanto, eu quero mesmo voltar? Talvez isso não seja para mim’”, confessou o ator. Mas calma, ele garante que foi só uma fase. “Eu provavelmente só estava sendo um adolescente”, completou.

<span class="hidden">–</span>Reprodução

No texto, Rupert diz que ao crescer sob os holofotes ele sentia que todos queriam que ele estivesse envolvido em algum escândalo. “Mas isso nunca ia acontecer. Nós gravamos tudo em uma bolha intensa em Watford (na Inglaterra), não em Hollywood, então não tínhamos contato com drogas nem nada do tipo”, disse.

Mais tarde, porém, ele se sentiu muito grato por ter feito parte da franquia. “Terminar Harry Potter foi surreal. Era um sentimento muito estranho, mas aconteceu na hora certa e todos estávamos prontos para seguir em frente. Só que depois da última cena, foi meio bizarro pensar que era isso. Eu me senti perdido”, entregou Rupert.

Agora, aos 30 anos, ele pretende seguir fazendo personagens que surpreendam o público e diz estar pronto para construir uma família. Ele namora com a atriz Georgia Groome (de Gatos, Fios-Dentais e Amassos) desde 2011, entre idas e vindas. “Se eu tivesse um filho, o chamaria de Ron? É um bom nome, mas provavelmente não”, confessou ele.

Poxa! Hahaha.