Naruto é um dos mangás mais famosos pelo mundo. Criado por Masashi Kishimoto em 1997, logo viu sua fama possibilitar a primeira adaptação da obra para anime. E foi em 2002 que a série alcançaria um outro patamar.

Totalizando 72 volumes, 720 episódios e 11 longas animados, Naruto foi finalizado. Apesar da spin-off Boruto: Naruto Next Generations ainda matar a saudade de alguns fãs, a nova série ainda não está aos pés de sua antecessora.

Um dos arcos mais populares entre os fãs, foi o de Pain. Nele, Naruto conhece pela primeira vez o sentimento de vingança. Por se tratar de um arco muito importante e com grande carga emocional, Kishimoto revelou que não foi nada fácil encerrá-lo. Entenda o porquê:

O Arco de Pain

Na imagem acima, Kishimoto revela o quão difícil foi terminar o arco de Pain e que perdeu o sono. O autor conta que os principais temas abordados no arco foram a vingança e o ódio. Ao explicar, Kishimoto faz um comparativo entre Sasuke e Naruto e mostra a diferença entre os dois em relação a esses dois assuntos: “Sasuke teve sua família morta, ele então tem vingança em seu coração. Naruto não teve essa experiência. Não há nada que uma pessoa que não passou por essa experiência que pareça convincente. Portanto, as coisas que Naruto dizia não alcançavam Sasuke”.

O autor então comenta em seguida que, pela primeira vez, Naruto sentiu o que Sasuke sentiu, ao perder Jiraiya, sua figura paterna. Kishimoto então percebeu que Naruto ao contrário de Sasuke não é um ser vingativo. A partir daí, ficou mais fácil imaginar como o final do arco seria, e que, apesar da dor, Naruto acabaria perdoando o inimigo que lhe causou mais sofrimento. Ao terminar o arco, Kishimoto brinca e fala que, finalmente, conseguiu dormir.

Qual seu arco favorito de Naruto? Conta pra gente nos comentários. Para mais matérias, fique ligado na Fatos Nerd. Até a próxima.

Essa matéria Criador de Naruto revela dificuldade no final do arco de Pain foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.