Stephen Hawking na sua festa em que ninguém apareceu (Foto: Flickr/Creative Commons/LWP KOMMUNIKÁCIÓ)

 

No dia 28 de junho de 2009, ao meio-dia, o físico Stephen Hawking estava na Universidade de Cambridge, pronto para dar uma festa. Havia balões, champanhe e um grande banner com os dizeres “bem-vindos, viajantes no tempo”. Ninguém apareceu.

É que o convite para a festa, na verdade, só foi feito em 2013. “Você está cordialmente convidado para uma recepção para viajantes no tempo, organizada pelo professor Stephen Hawking, que vai ocorrer no passado na Universidade de Cambridge no dia 28 de junho de 2009, às 12h”, dizia o anúncio.

Hawking, que morreu em março aos 76 anos, estava fazendo um experimento sobre viagem no tempo. Teoricamente, um viajante no tempo poderia ir à festa mesmo que o convite só chegasse anos depois. Se algum deles de fato viu o convite, nenhum resolveu aparecer.

Convite de Stephen Hawking para viajantes no tempo (Foto: Christies/Divulgação)

 

Leia também:
+ Físicos publicam o último trabalho de Stephen Hawking
+ Inglaterra vai colocar um cientista na nota de £50 – e quer a sua ajuda para escolher

Na última semana, cem cópias enquadradas do convite foram leiloadas pela Christie’s, junto com outros itens pessoais do físico e de outros grandes cientistas: Isaac Newton, Charles Darwin e Albert Einstein. Com valor estimado entre 100 e 150 libras esterlinas, o lote de quadros levantou 11,2 mil lbras (cerca de R$ 55 mil) no período do leilão, que foi de 31 de outubro a 8 de novembro.

Quem quer que tenha comprado uma das cópias, porém, tem uma missão séria a cumprir. “Espero que as cópias do convite, de alguma forma ou de outra sobrevivam por milhares de anos”, Hawking disse certa vez. A esperança é de que no futuro algum viajante no tempo veja e resolva aparecer para a festa, criando uma linha do tempo completamente diferente nos muitos universos possíveis.

Curte o conteúdo da GALILEU? Tem mais de onde ele veio: baixe o app da Globo Mais para ver reportagens exclusivas e ficar por dentro de todas as publicações da Editora Globo. Você também pode assinar a revista, por R$ 4,90 e baixar o app da GALILEU.