A cena gastronômica de Hong Kong surpreende não apenas pela variedade e pelo alto nível de sua cozinha. Colocando em números: a última edição do guia Michelin Hong Kong e Macau contabilizou nada menos que 61 restaurantes estrelados nessas duas regiões administrativas.

LEIA MAIS: Como aproveitar Hong Kong em apenas 48 horas

Muito disso pode ser atribuído ao potencial de consumo da população. Segundo o relatório de riqueza divulgado pelo banco suíço Julius Baer (especializado em riquezas particulares), Hong Kong superou Xangai e é atualmente a cidade com custo de vida mais alto da Ásia.

Em minha recente passagem por Hong Kong, visitei três restaurantes de ponta: o italiano contemporâneo 8 ½ Otto e Mezzo Bombana, o francês com presença global L’Atelier de Joël Robuchon e o chinês revisitado Mott 32.

Conheça as power tables de Hong Kong Conheça as power tables de Hong Kong Conheça as power tables de Hong Kong Conheça as power tables de Hong Kong Conheça as power tables de Hong Kong

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

O post Conheça as power tables de Hong Kong apareceu primeiro em Forbes Brasil.