Eleitores buscaram informações antes da votação

Eleitores buscaram informações antes da votação
Reprodução/Reuters

Pouco antes das urnas serem fechadas nos EUA, na última terça-feira (6), Canadá, Reino Unido e Irlanda eram os países que mais buscavam informações sobre as eleições norte-americnaas de meio de mandato no Google.

Um dia antes das eleições, os duas frases mais procuradas no buscador eram “donde votar?” e “where to vote” (onde votar, respectivamente em espanhol e em inglês).

Isso revela um interesse muito grande da comunidade hispânica que vive nos Estados Unidos e tem o direito de votar.

Com todas essas buscas, o fato de que a deputada mais jovem dos Estados Unidos é Alexandria Ocasio-Cortez, 29, uma mulher de origem latina eleita no estado de Nova York, não pode ser encarado como uma surpresa.

As buscas pelas eleições no país foram tão grandes que, um dia depois da votação, pelo menos três das principais buscas nos EUA estão relacionadas com o tema.

Votar adiantado

Nos EUA, como as eleições ainda são analógicas em diversos Estados, muitos eleitores têm a possibilidade de votar antes da data final, enviando o voto pelos Correios.

Dados registrados pelo Google, mostram que usuários nas cidades do sul do país procuraram mais por essa possibilidade. O condado de Comal County, no Texas foi o que mais buscou por essa possibilidade.

Buscas sobre voto antecipado foram intensas no Sul

Buscas sobre voto antecipado foram intensas no Sul
Reprodução/Google

Em uma escala de 0 a 100 elaborada pelo buscador, os habitantes de Comal County procuraram 100 como poderiam votar mais cedo.

Essa busca foi menos constante no resto do país.

Busca por partidos

O partido Democrata conseguiu se reestabelecer no controle da Câmara, o que não acontecia desde a primeira vitória de Barack Obama, em 2008. Contudo, pelo menos no Google, os vencedores foram os republicanos.

Democratas (azul): mais buscados que os republicanos

Democratas (azul): mais buscados que os republicanos
Reprodução/Google

Segundo um levantamento do buscador, nos últimos 12 meses o partido do atual presidente Donald Trump foi mais buscado na maioria dos condados no país.

Buscas no Brasil

Em relação às buscas no dia das eleições, o Partido Democrata foi mais buscado no solo norte-americano e no resto do mundo. No mundo todo, os Democratas concentraram 53% do interesse de busca, enquanto os republicanos tiveram 47%.

Já no Brasil, o interesse se inverteu. Pelo menos 52% das buscas relacionadas às eleições dos EUA era sobre o partido Republicano, enquanto 48% pelos democratas.