TV Foco

O cantor e compositor Caetano Veloso (Foto: TV Globo)

Todos os anos o Domingão do Faustão entrega a nomes que contribuíram para a cultura brasileira o Troféu Mário Lago. O premiado dessa vez foi o cantor e compositor Caetano Veloso, um dos nomes mais relevantes da música popular brasileira.

Emocionado, o cantor falou sobre a sua infância e adolescência no palco da atração de Fausto Silva: “Fiquei em Santo Amaro da Purificação até quase os 18. Depois, passei um ano no Rio, em Guadalupe, e voltei para Santo Amaro. Só fui para Salvador em 1960”, contou.

+Cotas comerciais do novo BBB já foram vendidas pela Globo; conheça os patrocinadores

Como acontece em todas as edições, Caetano recebeu de famosos e amigos depoimentos emocionados. Abaixo, alguns dos depoimentos mais marcantes recebidos por Caetano, que recebeu o troféu das mãos de Rosamaria e Mauro Mendonça.

Maria Bethania:

“Minha vontade é que estivéssemos os quatro cantando o samba-enredo. Estou fazendo esse convite publicamente, não falei com ele, não”.

Gal Costa:

“Havia sempre um clima entre a gente. Um clima sensual entre nós dois, além da música”.

Gilberto Gil:

“Costumo dizer que ele é o irmão que eu não tive. Tenho alguns irmãos assim no mundo, ele é o primeiro”.

Paula Lavigne:

“Escolhi o melhor pai do mundo para os meus filhos. Ele é um pouco submisso, faz tudo o que os filhos querem e os filhos são a coisa mais importante da vida dele”.

Rosamaria Murtinho, que entregou ao lado do marido o troféu para Caetano, se declarou fã do cantor: “Cada vez que a gente escuta Caetano é uma redescoberta“, revelou a atriz.

Já nos bastidores, Caetano Veloso revelou o que espera para os próximos anos de sua vida e carreira: “Espero que sejam melhores do que esses anos que estamos passando agora. Especificamente agora“, disse ele.

Caetano Veloso recebe Troféu Mário Lago e se emociona no Domingão