Presidente diz que se solidariza com familiares

Presidente diz que se solidariza com familiares
Isac Nóbrega/Presidência da República

O presidente Jair Bolsonaro disse na manhã desta sexta-feira (9), em nota, que se solidariza com a dor dos familiares que perderam entes queridos no incêndio do centro de treinamento do Flamengo, no Rio de Janeiro.

Leia a nota enviada pela assessoria de imprensa:

“Nesta manhã, tomamos conhecimento da triste tragédia ocorrida no Centro de Treinamento do Flamengo, vitimando jovens vidas que iniciavam sua caminhada rumo à realização de seus sonhos profissionais. Consternado, o Presidente da República se solidariza com a dor dos familiares neste momento de luto”.

O Corpo de Bombeiros afirma que houve pelo menos 10 mortes e que três pessoas foram resgatadas. Adolescentes entre 14 e 17 anos estariam entre as vítimas. 

O vice-presidente Hamilton Mourão também lamentou o acidente. “[Estou] profundamente triste nesta manhã com a tragédia no CT do Flamengo. Como torcedor e esportista, solidarizo-me com as famílias, o clube e a nação rubro-negro”, disse .

Torcedor do Flamengo, Mourão usou sua conta pessoal no Twitter para prestar solidariedade aos atingidos pelo incêndio. “Deus conforte a todos”, desejou Mourão, que encerrou a mensagem evocando “toque de silêncio”.

Alguns clubes e jogadores mandaram mensagens de apoio ao Flamengo. Veja: