Caique Aguiar foi o responsável por provocar a expulsão de Nadja Pessoa (Foto: Reprodução/PlayPlus)
Caique Aguiar foi o responsável por provocar a expulsão de Nadja Pessoa (Foto: Reprodução/PlayPlus)

O clima no reality show da Record TV, A Fazenda, não está nada normal após a expulsão da participante Nadja Pessoa. O nome dela, inclusive, ainda é assunto dentro da sede.

+Nego do Borel está sendo processado por algo que você não vai acreditar e cantor pode desembolsar uma fortuna

Nesta quarta-feira, 08 de novembro, em conversa com Fernanda Lacerda, Caique Aguiar revelou que poderia agredir a ex-peoa caso ela não tivesse saído. “Se ela não saísse, eu poderia bater nela. Teria direito de dar vários chutes na perna dela. Não que eu fosse fazer isso, mas eu teria direito”, disse o personal trainer.

A ex-pânico ficou surpreendida com a fala. “Mas lindo, é diferente. Homem não pode bater em mulher. Tem até lei para isso”. Caique retrucou rapidamente: “Mas mulher pode bater em homem?”. A Mendigata respirou fundo e respondeu:  “Claro que não…”.

+Simone fica chocada com ataque de animal e revela como tudo aconteceu

Apesar disso, Caíque prosseguiu. “Então é isso. Tiraram ela porque se não eu poderia devolver os chutes nela e iam perder o controle. Tá no Manual de Sobrevivência que agressão não vai ser permitido, então é isso. Mas vou parar de falar para não dar moral para ela”. Fernanda pareceu chateada e se limitou a dizer: “Tá bem, mas eu quero tudo de bom pra ela”.

CAÍQUE QUER FINAL COM FERNANDA

Fernanda e Caíque conversaram sobre o rumo do jogo em A Fazenda. Durante o bate-papo, o rapaz comentou que – apesar de estar torcendo para a ex-panicat – deixou bem claro que não abre mão do prêmio.

“Chega logo quinta-feira”, disse a peoa, se referindo à noite de eliminação. “Não, demora. Já falei que quero a final eu e você, pra você ficar em segundo”, disse Caique, rindo.

Rafael Ilha, vale lembrar, planeja colocar o filho de Carlinhos Aguiar na próxima roça ao lado de Luane Dias. “Eu quero que o público se divirta, só decepando cabeça. São os dois que o público quer”, afirmou o ex-Polegar em decreto de vingança.