Galileu Galilei foi um dos maiores cientistas e astrônomos que já passaram pela Terra. O mais velho, dentre sete filhos, de Vicenzo Galilei e Giulia Ammanati di Pesci, Galilei nasceu na cidade de Pisa em 1564, e morreu em Florença, em 1642.

O homem, que hoje é considerado um dos grandes nomes da ciência mundial, não escapou da Santa Inquisição. Foi condenado a ficar em prisão domiciliar pelo resto da vida, simplesmente por defender a ideia de que o mundo não era o centro do universo.

Apesar de não parecer, a vida deste cientista possui curiosidades bastante interessantes. Por exemplo, você sabia que ele cursou dois anos de matemática, até perceber seu gosto incondicional pela ciência?

Segura na minha mão, que eu vou lhe mostrar 7 coisas que você não sabia sobre Galileu Galilei.

1 – Experimento Torre de Pisa

Galileu Galilei é frequentemente lembrado pelo seu icônico experimento, no qual teria jogado dois objetos, de pesos diferentes, do alto da torre de Pisa. O objetivo seria conferir qual deles chegaria mais rápido ao chão, e termina por concluir que eles chegariam ao mesmo tempo, pois estariam na mesma velocidade.

A questão surpreendente é que Galileu nunca chegou a fazer esse experimento clássico. Ele não passa de uma lenda urbana repetida até os dias de hoje, pois não existe nenhum documento comprovando a realização desse teste.

2 – Crença e descrença

Galileu Galilei acreditava fielmente na teoria de Copérnico, que afirmava que a Terra não era o centro do Universo. Apesar de ter um senso científico forte para a época, e não se apegar à crenças na ciência, ele não acreditava na teoria de Kepler de que a Lua era responsável pelo efeito de marés.

3 – Galileu e o telescópio

Apesar de quase todo mundo achar que o Galileu criou o telescópio, na verdade isso é um equívoco. Galileu apenas aperfeiçoou o instrumento usando lentes mais potentes. Ele conseguiu fazer isso sem nem ao menos ter visto um telescópio antes. O telescópio foi inventado em 1608, na Holanda.

4 – Publicações

Galileu, que morreu cego aos 78 anos, teve seus escritos publicados somente após 60 anos depois da sua morte, em virtude da censura imposta pelas autoridades eclesiásticas, seus escritos só foram publicados após sua morte. O processo que sofreu só foi revisto 300 anos depois, quando a ICAR decidiu pela absolvição.

5 – Túmulo

O Vaticano não permitiu que os restos mortais de Galileu, que morreu em 1642, fossem enterrados junto aos de seus familiares, devido a sua acusação e julgamento de heresia. Um século depois, quando sua situação perante a Igreja havia melhorado, ele foi transferido para sua localização atual, na capela-mor da Basílica de Santa Cruz, em Florença.

6 – Relatividade

Muito antes de Einstein ficar conhecido no mundo inteiro com sua teoria da relatividade, Galileu já escrevia esboços sobre o assunto muitos anos antes. Galileu já compreendia muito bem que o movimento é relativo, de modo que a sua percepção de movimento tem a ver com o seu próprio movimento. Duzentos e cinquenta anos depois, essas ideias seriam uma base para o jovem Einstein aprofundar sua, hoje tão conhecida, Teoria da Relatividade.

7 – Fama

É importante observar que não foi em virtude das suas invenções ou descobertas que Galileu se tornou vital para a história do conhecimento científico. O verdadeiro motivo foi porque ele foi o primeiro a combinar a observação experimental com a descrição teórica dos fenômenos. Em outras palavras, isso quer dizer que ele foi o pioneiro na utilização do método científico.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta aqui com a gente e compartilha nas suas redes sociais. Para você que adora o Galileu, aquele abraço.

Essa matéria 7 coisas que você não sabia sobre Galileu Galilei foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.