Os reality shows culinários têm ganhado cada vez mais espaço entre as séries que as pessoas acompanham e ficaram mais diversificados, inclusive os competitivos. No Brasil, a 5ª temporada do MasterChef acabou na semana passada, e há quem já esteja aguardando ansiosamente o próximo produto da franquia, a ser lançado ainda neste mês: a 3ª temporada do MasterChef Profissionais.

A Netflix não ficou atrás na oferta de realities culinários para os mais diversos gostos. Se você está precisando de um novo programa para suprir a ausência deixada pelo MasterChef Brasil ou se apenas gosta de séries do gênero, confira 6 opções disponíveis no catálogo da Netflix.

1. The Big Family Cooking Showdown

6 competições culinárias para assistir na Netflix

Esse não é daqueles reality shows de culinária com jurados quase grosseiros com os competidores, mas não é por isso que a avaliação não é criteriosa. Os jurados são o chef Giorgio Locatelli, detentor de uma estrela Michelin, e a professora de culinária Rosemary Shrager, que costumam ser bastante educados e exigentes.

The Big Family Cooking Showdown é um pouco diferente de outras competições culinárias porque tudo acontece em família. Em cada episódio, dois times com três integrantes de uma família se enfrentam. Depois de oito episódios, as equipes vencedoras batalham nas fases de semifinal e final.

A série é produzida pela BBC e tem cenário e imagens muito bonitos. As comidas também costumam dar água na boca e ser bem diferentes entre si, já que há famílias inglesas típicas e outras que são imigrantes de diversos locais do mundo. O ritmo não é acelerado como o da maioria das competições culinárias – o que, na realidade, combina bastante com o cenário bucólico onde The Big Family Cooking Showdown é filmado.

2. Zumbo’s Just Desserts

6 competições culinárias para assistir na Netflix

Adriano Zumbo é um dos mais celebrados confeiteiros da Austrália. Nessa série, ele desafia confeiteiros amadores – mas muito competentes – a elaborarem suas próprias sobremesas e, no desafio de eliminação, replicarem as criações incríveis de Zumbo.

Em um cenário muito colorido, que lembra A Fantástica Fábrica de Chocolate, todos os competidores participam do primeiro desafio, no qual um deles é escolhido como melhor do dia. Os dois piores se enfrentam em um duelo que decide quem escapa da eliminação. As criações de Zumbo que precisam ser replicadas pelos participantes são invariavelmente impressionantes, seja pelos elementos visuais ou pela complexidade da receita (normalmente, pelos dois).

Além de pelo confeiteiro, os participantes são avaliados pela cozinheira Rachel Khoo. A assistente de Zumbo, a brasileira Gigi Falanga, acompanha o andamento das receitas. Os prêmios da série são US$ 100 mil e ter a sobremesa de autoria do competidor sendo vendida na loja de Zumbo.

3. Sugar Rush

6 competições culinárias para assistir na Netflix

Mais uma série que conta com Adriano Zumbo como jurado, Sugar Rush é uma criação original da Netflix que foi lançada recentemente, em julho deste ano. Nela, quatro duplas de confeiteiros (alguns amadores, outros não) competem pelo prêmio de US$ 10 mil ao final de cada episódio.

Uma diferença de Sugar Rush em relação a outras competições culinárias é que há vantagem em terminar a sobremesa antes do período previsto. Todo o tempo que os competidores pouparem nos dois primeiros desafios pode ser acrescentado à prova final – se eles não forem eliminados, claro.

A primeira prova sempre exige que os competidores façam um cupcake. Na segunda, podem preparar o doce que preferirem e, na terceira, devem entregar um bolo – normalmente, com visual impressionante. Todos os desafios são orientados por uma temática. Além de Zumbo, a outra jurada é a confeiteira Candace Nelson, junto de um chef convidado a cada episódio.

4. Chef & My Fridge

6 competições culinárias para assistir na Netflix

Uma competição culinária que mistura chefs reconhecidos, geladeiras de celebridades e efeitos visuais que são, no mínimo, peculiares. Isso é Chef & My Fridge. O reality show coreano dá 15 minutos para que dois chefs transformem o que tiver na geladeira de uma celebridade em um prato de restaurante.

Chef & My Fridge combina elementos de competição culinária e programas de entretenimento com participação de famosos. Então, boa parte do tempo é utilizada conversando com os convidados e em piadinhas típicas desse tipo de atração. Mesmo assim, alguns dos pratos são incríveis, ainda mais considerando os insumos com os quais os chefs precisam trabalhar.

5. Nailed It!

6 competições culinárias para assistir na Netflix

Tudo bem, Nailed It! não é exatamente uma competição de culinária normal, porque basicamente coloca para fazer bolos superelaborados quem não tem nenhuma experiência trabalhando com isso. Se você já viu aquelas tentativas de bolos bonitos na internet que resultam em algo bem estranho, vai entender o intuito do programa.

A série original da Netflix está na 2ª temporada. A cada episódio, três competidores se enfrentam por um prêmio de US$ 10 mil. Quem conseguir fazer a coisa menos horrível leva o prêmio. Se você quiser escolher apenas um episódio, veja aquele em que fizeram um bolo imitando um busto de Donald Trump.

O objetivo parece ser mais rir dos participantes que realmente gostar de alguma coisa, porque o resultado costuma ser feio – e, em muitos casos, não é um caso de comidas feias, mas deliciosas. O jurado fixo de Nailed It! é o chocolateiro francês Jacques Torres, junto de mais algum convidado. A apresentadora Nicole Byer é uma atração à parte, com humor no ponto e uma agitação que não deixa o espectador se desconcentrar.

6. Cozinhando em 4:20

6 competições culinárias para assistir na Netflix

Se Nailed It! não é algo a que você assiste esperando comidas incríveis, o ponto de Cozinhando em 4:20 não é exatamente a competição. O primeiro reality show culinário de Cannabis tem 15 minutos, e os jurados não são especialistas em comida – mas, sim, em maconha. Também não há prêmio para o vencedor, e as comidas devem ser psicoativas.

Alguns dos chefs que participam de Cozinhando em 4:20 são razoavelmente conhecidos e, embora as comidas não sejam as criações mais incríveis do mundo, são aceitáveis. A série aproveita a onda de descriminalização da erva no Canadá e nos Estados Unidos e conta com a participação de Ngaio Bealum, trazendo informações sobre diferenças entre os tipos de maconha e quais são adequadas a cada situação.

Este texto foi escrito por Camila Pessoa via nexperts.