terça, 24 de Janeiro de 2017
Temer comemora inflação abaixo do teto da meta e espera redução maior em 2017

Temer comemora inflação abaixo do teto da meta e espera redução maior em 2017

Temer comemora inflação abaixo do teto e prevê redução maior Beto Barata/PR

O presidente da República, Michel Temer, comemorou nesta quarta-feira (11) a inflação 2016 medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, calculado pelo IBGE) de 6,29% ao ano. O resultado é o menor dos últimos três anos e abaixo do teto da meta estabelecida pelo governo, de 6,5%.

— Hoje temos uma boa notícia sobre a inflação oficial. Estamos com a inflação abaixo do teto da meta, o que mostra que o governo está no caminho certo. Ninguém esperava, no fim do ano, que se chegasse abaixo da meta estabelecida.

Temer disse ainda que espera para 2017 uma redução ainda maior na inflação, com o índice mais perto do centro da meta, que é de 4,5%.

— A projeção da inflação para este ano é de uma redução ainda maior,para ficar, na verdade, no centro da meta.

Com a inflação controlada, o presidente disse que espera uma redução também dos juros.

— A redução dos juros do chamado crédito rotativo dos cartões de crédito devem ser reduzidos mais da metade.

Temer discursou no início da reunião com o Núcleo de Infraestrutura no Palácio do Planalto. O encontro é para tratar de assuntos como a desburocratização e ações de favorecimento ao incremento da economia com fins de geração de emprego e investimentos.

Em 2013 a inflação pelo IPCA ficou em 5,91%, em 2014 em 6,14%, e em 2015 em 10,67%. 

Obras

O presidente disse que o governo pretende retomar obras inacabadas, principalmente com pagamento remanescente em valores entre R$ 500 mil e R$ 10 milhões.

— Mas vamos tratar de outras obras que ainda possam seguir adiante, além daquelas que já têm sequência natural.