Olá galera.

As Olimpíadas do Rio de Janeiro acabaram a menos de uma semana, mas já tem gente pensando na próxima, em 2020. Como Tóquio será a cidade sede dos próximos Jogos Olímpicos, os japoneses querem continuar subindo no quadro de medalhas.

Em Londres, o Japão terminou na décima primeira posição. Aqui no Rio de Janeiro eles conseguiram alcançar a sexta colocação. No total, pularam apenas de trinta e oito para quarenta e uma medalhas. Mas a quantidade de ouros é que fez toda a diferença.

Em 2012, foram sete pódios dourados. Na Rio 2016, conseguiram doze. Seiko Hashimoto, que é chefe de delegação e diretora de Alto Rendimento do Comitê Olímpico Japonês, disse que terá um orçamento bem maior pra apoiar os atletas de seu país, inclusive os que residem fora.

O Japão já tem um Centro Nacional de Treinamento funcionando 24 horas, todos os dias, sem folga. Além disso, contam também com um Centro Nacional de Ciência Esportiva. A meta para 2020 é ambiciosa. Eles pretendem duplicar o número de medalhas conquistadas nos Jogos da Cidade Maravilhosa.

O país que sedia uma Olimpíada ganha o direito de inscrever mais atletas e costuma contar com orçamento maior, o que já é uma grande ajuda pra aumentar o número de medalhas. Mas com todo a estrutura que contarão nesse ciclo olímpico, provavelmente veremos muitos japoneses subindo ao pódio, em 2020.

beijim

Mylena