Fest Bossa & Jazz leva milhares de pessoas ao primeiro dia do Festival na Praia da Pipa

Entre as atrações, Nino Costa, Mestrinho e Lenine a convite da SESI Big Band.

Imaginar, fechar os olhos e deixar os ouvidos em sentido pleno. Agora, ouça as ondas sonoras da paradisíaca Praia da Pipa com a chegada do Fest Bossa & Jazz – Circuito 2016, na sua 2ª etapa. Depois de dois dias na capital potiguar, o Festival chega a Pipa e segue até o dia 28. No primeiro dia, 26, dividiram o palco: Nino Costa, vencedor do Novos Talentos do RN; o acordeonista Mestrinho e a SESI Big Band com seu ilustre convidado, Lenine.

Para quem conseguiu chegar cedo na noite da sexta-feira (26), pôde prestigiar a passagem de som da SESI Big Band e Lenine criando aquela boa expectativa no público. “Estamos aqui desde cedo e viemos exclusivamente para o Fest Bossa & Jazz. Já é a minha segunda vez e aguardo ansiosamente pelas edições e os grandes shows oferecidos. É uma oportunidade sensacional para se consumir música de alta qualidade. Este é um evento certo na minha agenda”, expressou a empresária paraibana, Natália Pessoa.

O estreante da primeira noite foi o guitarrista e violonista Nino Costa, que apesar de já ter passado várias vezes pelo Festival, esta foi sua primeira apresentação solo. “Fiquei muito feliz em ter participado do edital Novos Talentos do RN e, o melhor, ter sido um dos selecionados e poder tocar em um Festival como esse”, disse Nino Costa.

E, para àqueles que achavam que o forró e o samba não poderiam se misturar ao jazz, o sergipano Mestrinho chegou para mostrar exatamente o contrário. O acordeonista abrilhantou o palco com composições próprias e releituras, enraizadas de brasilidade e grandes doses de jazz, sendo acompanhado por um coro singular do público entoando “Estou de volta pro meu aconchego...” (canção marcada na voz de Elba Ramalho) e “Tô com saudade de tu, meu desejo...” (composição de Nando Cordel e Dominguinhos).

Finalizando o primeiro dia de apresentações no Palco Principal na Praia da Pipa, a magia da SESI Big Band com o pernambucano Lenine, que arrasta multidões, não fazendo diferente com o os amantes do Fest Bossa & Jazz. Avassalador, Lenine chegou e avisou para que veio. Com simpatia e carisma, o artista envolveu as pessoas de todas as idades em uma energia contagiante. Como terceira voz, o público cantou junto músicas como “O Silêncio das Estrelas”, “Jack Soul Brasileiro”, “Aquilo que dá no coração”, entre outras. “O clima desse evento é excelente, sensacional. Estou aqui pela primeira vez, mas voltarei todas as outras, com certeza”, falou Nara Freitas de Recife. E, para manter a tradição, a festa terminou com a Jam Session no Ágora Lounge.  

Mas, não acabou por aí, hoje (27) tem muita programação. Durante o dia, acontecem duas sessões da oficina de construção de instrumentos musicais com materiais recicláveis e o workshop de Canto com Cris Delanno, cantora carioca integrante da Bossacucanova que sobe ao palco logo mais às 21h30. Tanto as oficinas quanto o workshop ocorrem na Galeria Canto da Pipa.

Uma novidade desta edição são as SUNSET SESSIONS que rolam neste sábado no palco Praça dos Pescadores, tendo como atrações: Tamareando com Sérgio Groove e Yrahn Barreto (RN), às 16h, e Marco da Costa (RN) com Live Foyn Friis (Noruega), às 17h. A partir das 20h, voltando para o palco principal, Mad Dogs convida Chico Chico (filho da Cássia Eller), Julia Vargas e Rodrigo Garcia. Às 21h30, o grupo carioca Bossacucanova e às 23h, o austríaco autodidata Raphael Wressnig que promete uma enérgica performance.

O Festival conta com o patrocínio da Cosern – Grupo Neoenergia e Oi através do Governo do Estado do Rio Grande do Norte pela Lei Câmara Cascudo com apoio cultural da Oi Futuro, Cyrela Plano & Plano, SESI Sistema FIERN, Luck Receptivo, parceria do SESC Sistema Fecomércio, Castelo Casado – Iluminações e Estrutura e promoção da Inter TV Cabugi. A realização fica por conta de Juçara Figueiredo Produções, Secretaria de Turismo do Governo do RN, RN Sustentável e Emprotur através do Banco Mundial.