O Ponto Com desta segunda (20) falou sobre a divertida batalha que tomou conta da internet na semana passada: a "guerra memeal", que começou quando brasileiros no Twitter resolveram questionar um perfil português que se apropriou de um meme que circulou na rede brasileira no ano passado. Mas também teve assunto sério. É que o Facebook está lançado uma ferramenta que permite que usuários alertem a rede social e sejam orientados quando detectarem algum amigo com tendências suicidas. Descubra como usar mais essa opção no podcast do programa. 

O programa ainda falou da plataforma Mudamos, que acaba de ganhar o Prêmio Desafio de Impacto Social, do Google. Agora, a plataforma quer criar um aplicativo para empoderar cidadãos para debater e criar propostas de política pública, assim como coletar assinaturas digitais para projetos de lei de iniciativa popular. Para fechar, teve um bate-papo sobre o crescimento da publicidade nos meios digitais.

7'''15" Cibele Tenório, editora de tecnologia do Portal EBC, comenta a "guerra memeal"

Um perfil de Portugal no Twitter fez uma brincadeira revisitando um meme brasileiro do ano passado, o que causou a ira dos internautas brasileiros. As provocações relembraram até as desavenças do período colonial. A avalanche de posts de internautas brasileiros fez com que o perfil português fosse excluídos pelos proprietário - fato que foi considerado uma vitória na guerra pelos brasileiros.

18'20" Marco Konopacki, coordenador de projetos do ITS Rio, fala sobre o novo projeto da plataforma Mudamos

O Mudamos surgiu promovendo dois ciclos de debates, um sobre reforma política e outro sobre segurança pública. A iniciativa rendeu um prêmio Desafio de Impacto Social Google 2016.  Agora, o Mudamos quer criar um aplicativo para incentivar mais projetos de lei de iniciativa pública. "A gente quer permitir que cidadãos se mobilizem para coletar assinaturas para projetos de lei de iniciativa popular", conta. Desde 1988, apenas quatro projetos de lei foram aprovados pelo dispositivo da Constituição que permite que cidadãos se mobilizem para promover propostas.

32'28" Leila, vice-coordenadora do posto de Brasília do CVV, fala sobre a nova ferramenta do Facebook para prevenir suicídios

A ferramenta permite que usuários identifiquem, pelos posts, amigos que estejam passando por problemas ou depressão e possam precisar de ajuda. "A pessoa poderá clicar e denunciar uma publicação. O usuário deve indicar que a publicação não deveria estar no Facebook e seguir o passo a passo", explica. "O Facebook tem uma equipe que fica 24 horas por conta desse tipo de notificação", conta. 

45'48" Alexandre Eisenstein, gerente da PwC Brasil, fala sobre o crescimento da publicidade na internet e nos meios digitais 

Segundo um estudo da PricewaterhouseCoopers, a receita global da publicidade em mídia e entretenimento deve atingir US$ 2,14 trilhões em 2020 - um crescimento de 4,4% ao ano. "Apesar da estagnação e da crise econômica, o segmento de publicidade, em especial de publicidade digital, cresce a taxas ótimas, de 14,6% ao ano", afirma. Segundo Eisenstein, o motivo do crescimento é o próprio crescimento da internet no Brasil, principalmente em meios móveis. Em contrapartida, a receita de jornais e revistas impressas tende a encolher.

 

 

Músicas do programa

2'29" Dessiné - Destemida - Destemida

14'08" Paula Oliveira  - Amar - Rasgue Depois de Usar

28'33" Móveis Coloniais de Acaju - Melodrama - De Lá Até Aqui

43'08" Eduardo Branco - Uma Vez - Algo Mais

53'20" Vanguart - Semáforo - Vanguart

 

 

Ouça o programa na íntregra:

Creative Commons - CC BY 3.0 - ponto_com_ponto_br 20-06-16