Muito além de ser usada nas brincadeiras das crianças, a corda pode ser aplicada em diversos exercícios diferentes para perder peso, reforçar o condicionamento físico e também a coordenação motora.

A diferença dos exercícios para a brincadeira de pular é que a corda utilizada não é aquela curta e fina, mas uma com mais de 10 metros de comprimento e até 2 polegadas de espessura. Dessa forma você precisa fazer mais força e exercitar a coordenação para movimentar o acessório.

É claro que os movimentos também não são os mesmos, afinal, não dá para brincar de pular com uma corda tão espessa e longa. Você precisa prender uma extremidade da corda em algum lugar bem firme, que não ceda, e segurar bem com as duas mãos a outra extremidade.

Em seguida, fique parada em pé e faça movimentos ondulares repetitivos, subindo e descendo os braços para movimentar a corda. Você também pode alternar as ondulações com os movimentos circulares, parecidos com aqueles usados para pular a corda.

Você pode aumentar a dificuldade para queimar mais calorias e exigir mais da coordenação, basta subir e descer o corpo enquanto movimenta a corda. Se você não tiver uma corda como a indicada acima, pode utilizar uma mangueira comum, ou uma corda mais fina dobrada em duas.

O importante é se movimentar a queimar calorias, mas, lembre-se: preste atenção na postura, não exagere na dose e respeite sempre os limites do seu corpo para evitar dores musculares. Faça também um bom alongamento e evite lesões.