O documentário "Cinema Novo", de Eryk Rocha, filho do cineasta Glauber Rocha, levou neste sábado (21) o prêmio "Olho de Ouro" do Festival de Cannes, dedicado ao melhor documentário do evento.

Dezessete documentários de sete países concorreram ao prêmio no festival.

Há oito anos um filme brasileiro falado em português não concorria a um prêmio em Cannes. A última vez que isso aconteceu foi com Linha de Passe, de Walter Salles, em 2008.

Outros dois filmes brasileiros concorrem a premiações em Cannes neste domingo (22): o curta "A Moça que Dançou com o Diabo", de João Paulo Miranda Maria, e o longa "Aquarius", de Kleber Mendonça Filho.