Quando Neji Hyuga foi introduzido aos fãs, muitos não ficaram impressionados com o gênio ninja. Como usuário do Byakugan, ele tinha um incrível senso de superioridade perante os demais guerreiros. Porém, no exame Chunin, Neji começou a despertar o interesse do público. Lá, ele iniciou o reparo de seu relacionamento com sua prima e também acabou se tornando um jounin bem antes de seus colegas.

Então, quando Neji morreu, os fãs ficaram chocados. O Ninja se sacrificou por Naruto e Hinata durante a Quarta Grande Guerra Ninja, sofrendo um ataque das Dez Caudas. Neji foi ferido mortalmente e aqueles que ele salvou, ficaram destruídos com a cena. Naruto deu o seu melhor para manter Neji vivo, mas acabou aceitando o destino do colega.

Se você ainda se pergunta o motivo de Neji ter morrido, você não é o único. O criador de Naruto acabou respondendo a esta pergunta e disse que sentiu que a morte era necessária. Em uma entrevista, Masashi Kishimoto explicou que esta morte foi uma ferramenta para aproximar Hinata e Naruto.

De certa forma, Kishimoto diz que Neji acabou agindo como um cupido. Em seus momentos finais, ele mostrou afeição pelo par, dando a eles um elo sombrio, mas que nunca poderia ser esquecido. Neji acabou causando um efeito que gerou o relacionamento de Hinata e Naruto. Vale dizer que o nome do filho mais velho é em homenagem a Neji. Em japonês, Boruto Uzumaki é conhecido como Bolt, uma palavra que significa “Parafuso”. Vale dizer que Neji também significa parafuso.

The post Criador de Naruto explica destino de Neji appeared first on O Vício.